Share |

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

André Santos no Arsenal não resolve


Ao contrário da grande maioria, que acha André Santos muito ruim, não acho o ex-jogador do Corinthians péssima. Não o quero na seleção brasileira, pois acho que não tem nível para isso, mas é um excelente jogador para os clubes do Brasil. Para o Arsenal não. Além disso, não vale 16 milhões de reais, preço que os Gunners pagaram pelo lateral esquerdo do Fenerbahçe.

Aos 28 anos, o técnico Arsene Wenger terá problemas se resolver escalar André em sua posição de origem. Na lateral, o brasileiro vai muito ao ataque e marca pouco, exatamente o contrário que prega o treinador francês e a maioria dos técnicos da premiére League inglesa, que preferem laterais mais fixos. A solução seria escalar André Santos como um ponta esquerda, com liberdade para atacar, como ele gosta.

André Santos veio para suprir a carência do Arsenal pela esquerda. Nesta temporada, o time londrino perdeu o Clichy para o Manchester City e Traoré para o Queens Park Rangers. Neste último dia da janela de transferências, Arsene Wenger tenta de todos os modos uma grande contratação, já que o time está enfraquecido com as saídas de Fabregas e Nassri, além de ter perdido para o rival Manchester United, na última rodada por 8 a 2.

Além de André Santos, o Arsenal fechou com o bom zagueiro alemão per Mertsacker, ex-Werder Bremen.

Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário