Share |

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Seleção brasileira: O vexame da tática errada


Tardiamente, vou escrever sobre a desastrosa estreia da seleção brasileira na Copa América. Foi um empate sem gols contra a "poderosa" Venezuela. Mas nem é isso que me chama mais a atenção. É o esquema tático da equipe.

Há anos, dizemos que o melhor da seleção brasileira é a dupla de zaga. Tanto faz se jogam Lúcio, Juan, David Luiz, Thiago Silva e até o eterno reserva Luisão, a defesa cumpre bem seu papel. então porque não jogar com três zagueiros?

Acho que a seleção ficaria mais equilibrada e teria melhor poder de marcação e chegada ao ataque. É verdade, que minha equipe titular não é muito longe da de Mano Menezes, mas nem sonho que ele coloque o time para jogar em um 3-5-2, muito menos em um 3-4-3, meu esquema predileto, com os dois atacantes fechando o meio quando for atacado.

Minha seleção ideal (dentre os convocados): Julio César; David Luiz, Thiago Silva e Lúcio; Maicon, Lucas Neiva, Elano, Ganso e André Santos (eca); Neymar e Pato.

Vale lembrar, que se eu tivesse algum poder não levaria Fred, André Santos, Elias, Adriano, Jadson e Luisão.

Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário