Share |

quinta-feira, 17 de março de 2011

Favoritos vencem na Liga dos Campeões



Diferentemente da semana passada, não houve surpresas nesta semana nos jogos da Champions League. Chelsea, Manchester United, Internazionale e Real Madri são os 4 classificados que se juntam a Barcelona, Tottenham, Shakhtar Donetsk e Schalke 04 na luta pelo título no campeonato mais importante da Europa.


O Chelsea se classificou com um empate xoxo em 0x0 com o Copenhague. O Manchester United não levou sustos e avançou no torneio com a vitória de 2x1 sobre o Marseille. Destaque para o atacante Javi Hernández, que fez os 2 gols da vitória. Apesar da facilidade dos gols, o mexicano demonstrou ótimo posicionamento e oportunismo. O Real Madri, que não passava das oitavas de final da Champions há 6 anos e nunca havia vencido o Lyon na competição, quebrou os tabus e venceu com facilidade. Marcelo, Benzema e Di Maria marcaram na goleada por 3x0. Mas o melhor e mais emocionante jogo da competição foi a reedição da final da temporada passada.


Com muita garra e superação, a Inter de Milão eliminou o Bayern de Munique em um jogo de 2 viradas. Embora a Inter tenha marcado logo no início do jogo com Eto’o, em posição de impedimento, o primeiro tempo foi todo do Bayern. Ouso dizer que foi o melhor primeiro tempo de uma equipe européia nesta temporada. O time de Munique dominou todas as ações. Gomez e Müller marcaram. Robben, Gomez e principalmente Ribery perderam grandes chances e o placar parcial de 2x1 foi pouco pelo que produziu a equipe alemã. Isso sem contar o lance bizarro em que o zagueiro Ranocchia e Müller disputaram a bola em cima da linha e esta milagrosamente não entrou. Parecia que não era dia do Bayern.


E não era mesmo. O jargão clichê “quem não faz, leva” é inevitável. Depois de um primeiro tempo brilhante, o Bayern não jogou e viu a Inter crescer de produção. O camaronês Eto’o foi o grande destaque. Deu assistências para os gols de Sneijder e Pandev, este último aos 42 minutos do 2º tempo.


O franco favorito para o título é o papa tudo Barcelona. Mas aposto no Real Madri que, com o excelente Mourinho, passou a ter consistência tática e uma defesa forte, diferentemente de seu histórico recente. Embora tenha mostrado muita superação, não acredito na Internazionale. Também não boto fé no irregular Chelsea e no eficiente Manchester United. Os outros 3 times são os azarões das quartas de final da Champions.


Renato Stafford

0 comentários:

Postar um comentário