Share |

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Vasco: Boa atuação contra um péssimo adversário

Na estreia do técnico Ricardo Gomes, havia dois times que, em cinco rodadas do campeonato, não tinham vencido nem um jogo. Mas 90 minutos depois, o Vasco acabou com o jejum de vitórias ao derrotar o Americano por 3 a 0, com gols de Marcel, Dedé e Jeferson, em São Januário. Com o resultado, o time cruzmaltino largou a lanterna do grupo A, e, agora, aparece na 6 colocação, com quatro pontos.

A atitude vascaína foi diferente desde o início da partida. Os jogadores corriam muito e o time pressionava o Americano, que não sabia o que fazer quando tinha a bola. Logo aos dois minutos, Éder Luís perdeu um gol cara a cara com o goleiro Jeferson.

Jeferson ditava o ritmo no meio-campo e o time criava chances. Fágner quase marcou em cobrança de falta e Marcel assustou em uma cabeçada.

E foi pelo alto que o Vasco saiu na frente. Ramón arrancou pela esquerda e cruzou. Marcel cabeceou para o chão e fez 1 a 0.

— O primeiro tempo foi bom. Independentemente do adversário a gente respeita, mas vamos procurar fazer mais gols — disse o atacante.

O Americano bem que tentou adiantar a marcação na volta para o segundo tempo, mas não deu certo. Perdido, o time de Campos quase não chegava ao ataque. Com Felipe em campo, o Vasco chegava ao ataque com facilidade. Marcel fez o goleiro Jeferson trabalhar e Felipe quase marcou em chute de fora da área.

O meia Jeferson comandava o meio-campo vascaíno e deu lindo passe para Felipe. O camisa 6 driblou o zagueiro, caprichou, mas acertou a trave. O segundo gol era questão de tempo e saiu após cobrança de escanteio, quando Dedé subiu mais alto que a defesa e, de cabeça, fez 2 a 0.

O jogo estava controlado até que, aos 25 minutos, Eduardo Costa fez pênalti. Era a hora da estrela de Fernando Prass brilhar. O atacante Felipe bateu no meio e o goleiro vascaíno deixou um pé para defender.

A boa atuação de Jeferson tinha de ser coroada. E foi. Ele recebeu passe pela esquerda, cortou o zagueiro e chutou cruzado, sem chances para o goleiro do Americano, selando uma vitória mais do que justa para a equipe cruzmaltina.




0 comentários:

Postar um comentário