Share |

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

A ridícula coletiva de Ronaldinho Gaúcho


Estava relutando em comentar a coletiva que Ronaldinho Gaúcho concedeu ontem no Copacabana Palace. Como ele não disse nada, eu passaria o assunto em branco, mas ainda assim alguns comentário têm de ser tecidos.

A palhaçada que ele fez com a imprensa é abominável. Assis disse que as negociações começam agora, já que o Milan deu seu aval, mas afinal o que el anda fazendo com os dirigentes de Palmeiras, Grêmio e Flamengo nas últimas duas semanas?

Muito se fala que o Milan acertou a rescisão do contrato. Mas o que eu entendi não foi isso. Os italianos aceitaram negociar Ronaldinho por uma quantia inferior (cerca de 17 milhões de reais) e estipularam que ele não pode ir para nenhum time do país. Como ele quer voltar ao Brasil, o preço vale para os clubes brasileiros. Então isto é uma venda de jogador. Aliás, ótimo negócio para o Milan, que vai ganhar um dinheirinho e não vai ver o gaúcho reforçar algum rival na próxima temporada, já que como o contrato dele acaba em junho, RG pode assinar com qualquer clube de graça.

A novela sobre o futuro de Ronaldinho continua. E segue sendo uma ludibriação às torcidas de Grêmio, Palmeiras e Flamengo. Não vou dizer se ele vai jogar no Sul, no Rio ou São Paulo, até porque os gato-mestres da internet estão fazendo isso o tempo todo. E trocando de opinião como mudam de cueca.

Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário