Share |

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Marta é penta com justiça


Não gosto de futebol feminino. Não é machismo. Acho o jogo taticamente ruim, lento e truncado. Mas eu gosto de Marta. É alegre, veloz e, principalmente, inteligente. A brasileira venceu pela quinta vez seguida o prêmio de melhor jogadora do mundo. Com justiça, já que assim como Messi, no masculino, ninguém faz o que Marta consegue.

A brasileira superou duas alemãs Fatmire Bajramaj, de apenas 22 anos e a já veterana Birgit Prinz, de 33 anos.  O que mais me impressiona em Marta é que ela tem apenas 24 anos. Imagina na hora que a seleção brasileira conseguir conquistar títulos como ela será ainda mais soberana entre as mulheres.

Rainha. Com justiça.

Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário