Share |

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Botafogo goleia Madureira, mas joga mal


Completando um ano à frente do Fogão, Joel Santana ganhou de presente mais uma goleada. Desta vez, a vitima foi o Madureira, que tomou de 4 a 1, ontem, no Engenhão. Com o resultado, o Glorioso é o líder do grupo B e só vai ser ultrapassado se o Fluminense vencer o Macaé por pelo menos cinco gols de diferença. Vale ressaltar que o time não jogou bem. Longe disto.

O jogo começou com o Fogão voando e o Madureira andando. Tanto que o gol não demorou muito a sair. Aos 14m, Lucas cruzou da direita, o zagueiro tocou contra o patrimônio e o goleiro Cleber fez uma defesaça. Mas, no rebote, Herrera fez 1 a 0.

O Glorioso abriu o placar e parou. O Tricolor Suburbano tomou conta do jogo e só não empatou por dois motivos: o travessão e o goleiro Jefferson. Da Costa e Adriano Magrão carimbaram o poste e o goleiro fazia milagres. Acuado, o Glorioso só se defendia. E mesmo com um monte de jogadores atrás, muito mal.

Mas a sorte acompanha os times grandes. Em um ataque, o time de Joel Santana resolveu o jogo. Antônio Carlos tentou aproveitar um bate e rebate na área e chutou. A bola bateu na mão de Douglas Assis. Pênalti e expulsão. Loco Abreu bateu no meio do gol e fez 2 a 0.

Mesmo com um jogador a mais, o Botafogo não foi para cima do Madureira na segunda etapa. O time tocava a bola e criava algumas chances, mas esbarrava na boa atuação do goleiro Cleber.
Se quando o Tricolor Suburbano era melhor, o Fogão marcou, o Madureira respondeu na mesma moeda. Valdir deu lindo passe para Rodrigo, que na cara do gol, diminuiu.

O Glorioso só acordou mesmo quando Alessandro entrou no lugar de Lucas. O carequinha entrou com um gás impressionante e, aos 36m, chutou de bico para marcar o terceiro do Fogão.
Mas ainda faltava um para virar goleada. Era o gol do xodó Caio. Aos 43m, isso foi resolvido. Renato Cajá cruzou e Caio fechou o placar, para a alegria do Papai Joel.






Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário