Share |

Cariocão: Flamengo, Fluminense e Botafogo bem, enquanto o Vasco afunda


Vamos ser sinceros. Não vi nada de futebol no fim de semana. Aproveitei para fazer coisas pendentes e aproveitar a folga. Também não perdi nada, já que nada de novo aconteceu. Vou falar um pouquinho do Carioca neste espaço. Abaixo, os melhores momentos do jogo.

Botafogo 3 x 1 Olaria

Sem grandes problemas e com dois gols do competente Loco Abreu, o Botafogo passeia no grupo B. O clássico contra o Fluminense só vai definir o primeiro do grupo. destaque negativo para Somália, que foi vaiado pela pouca torcida que esteve no Engenhão.




Fluminense 4 x 2 Cabofriense

O time de Muricy ramalho saiu na frente, dormiu, mas acordou a tempo e venceu o fraco time de Cabo Frio. Destaque para Fred, que começou o ano com tudo e vem marcando gol atrás de gol. Ruim, o fato de tomar dois gols de um time que não havia marcado nenhum até o momento.



Flamengo 2 x 1 Vasco

O calvário vascaíno continua. Pelos relatos que recebi, o Flamengo dominou o primeiro tempo e poderia ter feito mais gols. Destaque para o golaço de Thiago Neves. No segundo tempo, o Vasco diminuiu em uma falha da defesa e pressionou no fim do jogo, mas o rubro-negro saiu com a vitória e o Vasco eliminado da Taça Guanabara.




Rodrigo Stafford
Leia mais

NBA Top 10: 30 de janeiro


Os dez melhores momentos da NBA na semana.




Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Ceará deve ter um 2011 tranquilo


Depois de uma boa campanha no Brasileirão do ano passado, o Ceará fez boas contratações e não deve ter problemas para se manter na elite e se classificar para a Copa Sul-Americana. O time manteve a base e fez boas apostas, com uma mescla de juventude e experiência.

Chegaram sete jogadores com mais destaque para o  meia Sergio Mota, revelação do São Paulo, que quer se firmar no futebol, o goleiro Fernando Henrique, ex-Flu e os atacantes Iarley, ex- Corinthians e Junior, ex-Vitória.

O time de Dilmas Figueiras perdeu bons jogadores como Marcos Pimentel, Magno Alves, Diego Sacoman e Kempes, mas os substitutos podem dar conta do recado. O ponto fraco é a defesa, que precisa de alguém de nome para equilibrar o time. Olho aberto no Ceará!

Provável Time-base: Fernando Henrique; Boiadeiro, Erivélton, Cléber e Vicente; Michel, João Marcos, Geraldo e Iarley; Júnior e Marcelo Nicácio. Técnico: Dimas Filgueiras

Rodrigo Stafford

Leia mais

RX2011: Avaí pensa em mais do mesmo


O Avaí está apostando no que deu certo em 2009, quando acabou em sexto. O clube de Florianópolis trouxe de volta o meia Marquinhos e o atacante William. O time fez boas apostas também como o lateral George Lucas e o jovem atacante Mauricio Alves. Mas o time comandado pelo fraco Vagner Benazzi trouxe alguns jogadores simplesmente sofríveis como Rafael Coelho, além dos zagueiros Gian, ex-Vasco e Leonardo, ex- Shakhtar Donnetsk.

O time azul e branco perdeu bons jogadores como os laterais Patric e Eltinho, além do meia Valber e o atacante Vandinho.

Honestamente não gosto desta volta ao passado e já começou a dar errado, com uma campanha pífia no Catarinense. Se não abrir o olho, a equipe vai lutar para não cair. Pelo jeito que estão indo as contratações, em breve Paulo Silas desembarca em Santa Catarina.


Zé Carlos; Gustavo, Emerson Nunes, Gian e Pará; Bruno, Diogo Orlando, Batista e Marquinhos Santos; Maurício Alves (William) e Rafael Coelho.
Técnico: Vagner Benazzi.


Leia mais

RX 2011: Vasco não mostra ambição


O Vasco contratou poucos reforços para a temporada de 2011. Anderson Martins, ex-zagueiro do Vitória, Eduardo Costa, volante que estava há anos no futebol francês, e Marcel, atacante que apareceu no ano passado apenas por brigar com Neymar no Santos, são os grandes reforços, além do atacante Misael, atacante ex-Ceará, que apenas irá compor o elenco. Na última semana, os cruzmaltinos acertou com o meia Bernardo e com o atacante Élton. 

O clube cruzmaltino aposta que alguns jogadores como Fernando Prass, Éder Luís, Fágner e, principalmente Dedê, continuem a apresentar um bom futebol. E conta com mais participação do lateral Ramón e do meia Carlos Alberto. Os dois passaram mais tempo no departamento médico que em campo no ano passado. Mas parece pouco para um time que fez uma temporada apenas medíocre e não chegou perto de nenhum título em 2010.

Provável time base: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Anderson Martins e Ramón; Nilton, Eduardo Costa, Felipe e Carlos Alberto; Éder Luís e Marcel.


Renato Stafford

Leia mais

Vasco: O terceiro vexame contra o Boavista


Creio que não há muito para falar sobre a ridícula campanha do Vasco no Estadual. O time perdeu a terceira partida seguida ao ser derrotado por 3 a 1 pelo Boavista.

O presidente Dinamite está completamente perdido e os jogadores não querem PC Gusmão. Isto está mais do que claro! Mas, por enquanto, PC continua.





***************************************

Em tempo, PC Gusmão foi demitido no início da tarde e Gaúcho é o treinador interino.

Rodrigo Stafford
Leia mais

São Paulo: Rivaldo não é solução


O São Paulo deve apresentar hoje seu camisa 10 para a temporada 2011. Nada mais, nada menos do que Rivaldo, de 38 anos. Não é uma má contratação, mas está longe de solucionar os problemas de criatividade do time.

É engraçado como o mundo dá voltas. Reconhecido em todo o país como um time que sabe contratar, o São Paulo fechou com um jogador que não joga há algum tempo e que o clube não faz ideia como está. Além disto, sepultou a boa política de contratar, e bem, os jogadores em fim de contrato.

Os mais sensatos nesta história toda são Rivaldo e Carpeggiani. O meia porque assinou um contrato no qual vai ajudar muito o Mogi Mirim, clube o qual é presidente, por uma parceria administrativa e de troca de jogadores com o Tricolor do Morumbi. Já Carpeggiani, pela brilhante frase:

"Ele não vai ser a salvação, não queremos jogar toda a responsabilidade nele. Ele será útil”.

Rodrigo Stafford

Leia mais

RX2011: Santos vem para ganhar tudo


Além de ter um time forte em 2010, quando ganhou o Paulistão e a Copa do Brasil, o Santos se reforçou e muito bem. Trouxe o craque Elano para o meia, o ótimo Jonathan para a lateral-direita, além do bom volante Charles. A interrogação é o atacante Diogo, que foi mal demais no Flamengo, mas tem potencial.

Se o time com Ganso e Neymar era bom, ficou melhor ainda e talvez seja, ao lado do Fluminense, o grande favorito à conquista da copa Libertadores da América. O técnico Adilson Baptista ainda se livrou de algumas malas como Roberto Brum, Maranhão, Madson e Marcel.

Cabe a Adilson criar um padrão de jogo e saber organizar o time, que com tanto talento não deve ser das tarefas mais difíceis. O calcanhar de Aquiles do time é o gol, já que Rafael e Aranha não empolgam ninguém.

Provável Time-base: Rafael; Jonathan, Edu Dracena, Durval (Bruno Aguiar) e Leo; Adriano, Pará (Rodrigo Possebom), Elano e Ganso; Diogo e Neymar. Técnico: Adilson Baptista

Rodrigo Stafford


Leia mais

Real Madrid vence Sevilla e lance polêmico é a atração


Na partida de ida da semifinal da Copa do Rei, o Real Madrid venceu o Sevilla, fora de casa, por 1 a 0, em um belo gol de Benzema. Mas o lance primordial da partida foi um suposto gol de Luis Fabiano, que o árbitro não deu.

Você acha que foi gol? Para mim foi! Confira




Leia mais

Na conta do chá, Flamengo faz 2 a 0 no Americano


Na estreia de Thiago Neves, Wanderley foi quem brilhou. Substituindo o lateral Egídio, o atacante saiu do banco de reservas e marcou os gols da vitória por 2 a 0 do Mengão sobre o Americano, ontem, no Moacyrzão, em Macaé. Com três vitórias em três jogos, o Fla é o líder do Grupo A da Taça Guanabara, com 9 pontos.

Com a proposta de se defender a qualquer custo, o Americano começou o jogo batendo muito nos rubro-negros. Com menos de cinco minutos de partida, já eram dois os alvinegros punidos com o cartão amarelo.

Para esfriar os ânimos, não teve outro jeito, senão o juizão usar alguém como exemplo. Aos 19m, após uma entrada por trás em Renato, o atacante Felipe foi para o chuveiro mais cedo: vermelho nele!

E não é que o método surtiu efeito... A partir daí, a violência parou. E vieram as chances. Aos 27m, o estreante Thiago Neves mandou um balaço de fora da área, assustando o goleiro Jefferson, que deu um soco na bola. Aos 38m, Fernando recebeu livre na área. Pena que o volante achou que era craque, e tentou entrar com bola e tudo. Realmente, uma pena...

Se não dava na técnica, o Mengão voltou pro segundo tempo tentando a vitória na raça. E foi assim, na marra, que surgiu o primeiro gol. Aos 23m, Marquinhos, que substituía Thiago Neves, cruzou da esquerda, o estabanado Wellington mandou contra o próprio patrimônio, e Wanderley, atropelando quem aparecia pela frente, tocou pro fundo das redes: 1 a 0.

Três minutos depois, a estrela do camisa 33 voltou a brilhar. Após sofrer falta na esquerda, Vander cobrou rapidinho para Renato, que cruzou. Com a zaga desarrumada, ficou fácil pro matador: 2 a 0 Wanderley.




Rafael Marques
Leia mais

Botafogo goleia Madureira, mas joga mal


Completando um ano à frente do Fogão, Joel Santana ganhou de presente mais uma goleada. Desta vez, a vitima foi o Madureira, que tomou de 4 a 1, ontem, no Engenhão. Com o resultado, o Glorioso é o líder do grupo B e só vai ser ultrapassado se o Fluminense vencer o Macaé por pelo menos cinco gols de diferença. Vale ressaltar que o time não jogou bem. Longe disto.

O jogo começou com o Fogão voando e o Madureira andando. Tanto que o gol não demorou muito a sair. Aos 14m, Lucas cruzou da direita, o zagueiro tocou contra o patrimônio e o goleiro Cleber fez uma defesaça. Mas, no rebote, Herrera fez 1 a 0.

O Glorioso abriu o placar e parou. O Tricolor Suburbano tomou conta do jogo e só não empatou por dois motivos: o travessão e o goleiro Jefferson. Da Costa e Adriano Magrão carimbaram o poste e o goleiro fazia milagres. Acuado, o Glorioso só se defendia. E mesmo com um monte de jogadores atrás, muito mal.

Mas a sorte acompanha os times grandes. Em um ataque, o time de Joel Santana resolveu o jogo. Antônio Carlos tentou aproveitar um bate e rebate na área e chutou. A bola bateu na mão de Douglas Assis. Pênalti e expulsão. Loco Abreu bateu no meio do gol e fez 2 a 0.

Mesmo com um jogador a mais, o Botafogo não foi para cima do Madureira na segunda etapa. O time tocava a bola e criava algumas chances, mas esbarrava na boa atuação do goleiro Cleber.
Se quando o Tricolor Suburbano era melhor, o Fogão marcou, o Madureira respondeu na mesma moeda. Valdir deu lindo passe para Rodrigo, que na cara do gol, diminuiu.

O Glorioso só acordou mesmo quando Alessandro entrou no lugar de Lucas. O carequinha entrou com um gás impressionante e, aos 36m, chutou de bico para marcar o terceiro do Fogão.
Mas ainda faltava um para virar goleada. Era o gol do xodó Caio. Aos 43m, isso foi resolvido. Renato Cajá cruzou e Caio fechou o placar, para a alegria do Papai Joel.






Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Fluminense vai buscar o tetracampeonato


Atual campeão, o Fluminense tem tudo para buscar o quarto título nacional. A receita é simples. Um bom treinador (Muricy Ramalho), jogadores que decidem (Deco, Conca, Emerson e Fred) e bons reforços (Edinho, Diego Cavallieri, Souza e Araújo).

O desempenho do Tricolor vai depender demais da atuação na Copa Libertadores da América. Em caso de título, o Brasileirão fica em segundo plano. Em caso de eliminação precoce, será difícil se recuperar sem que se atrapalhe o torneio nacional, mas nas condições naturais, o Fluminense luta por todos os títulos do ano.

Os reforços foram pontuais e espera-se que Deco melhore seu rendimento, já que está mais adaptado ao Brasil. Edinho foi um achado, já que com ele, Muricy Ramalho pdoe trocar o esquema tático sem ter que mudar o time. Edinho é bom zagueiro e bom volante para a alegria de  Muricy. Só falta mesmo um atacante reserva para Fred, já que Washington se aposentou.

Provável time-base: Diego Cavallieri; Mariano, Leandro Euzébio, Gum e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Deco e Conca; Emerson e Fred. Técnico: Muricy Ramalho

Rodrigo Stafford

Leia mais

RX2011: Palmeiras não empolga. De novo


Max Pardalzinho, João Vitor, Adriano Michael Jackson, Cicinho (do Santo André), Thiago Heleno e William. Esses são os reforços que o Palmeiras apresentou para 2011. Juntam-se a eles o atacante Maikon Leite, melhor contratação do time, mas que só chega em julho. Empolga a alguém? Acho que não, né?

Para completar, perdeu alguns jogadores que considero interessantes com o atacante Ewerthon e o ótimo volante Edinho. Além de ter perdido o leilão por Ronaldinho Gaúcho. O que quer provar Luiz Felipe Scolari, que técnico ganhar jogo? Meu caro Felipão, não ganha não. Me parece que no verdão, o técnico que ganha 700 mil por mês quer ser maior que o clube e a instituição finge que não vê.

O Palmeiras terá que apostar novamente em Kleber e Valdívia. Ótimos jogadores, mas que não fizeram uma boa temporada no ano passado. mas pelo visto, restará ao Verdão, mais uma vez, brigar no meio da tabela.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Um dos gols mais perdidos do mundo

O meia Zuculini, da seleção argentina sub-20, perdeu um dos gols mais incríveis da história na partida contra a Venezuela. Veja!




Rodrigo Stafford
Leia mais

A convocação da seleção brasileira de Mano Menezes


O técnico Mano Menezes convocou a seleção brasileira para o amistoso  contra França, no dia 9 de fevereiro. Em um geral, gostei da convocação, já que o treinador chamou menos amigos.

GOLEIROS:

Neto (Fiorentina) - Mano já deixou claro que ele é o futuro da seleção. É bom goleiro.

Gomes (Tottenham) - Bom goleiro também, merece a convocação.

Julio Cesar (Internazionale) - Mesmo vivendo uma fase instável, com muitas contusões, é o melhor do mundo.

LATERAIS:

Daniel Alves (Barcelona) - Ótimo jogador.

Rafael (Manchester United) - É bom jogador, outra aposta para o futuro.

André Santos (Fenerbahçe) - Não gosto, mas vai muito bem na seleção. Fato.

Marcelo (Real Madrid) - Ótimo jogador, merece a convocação, mas tem que melhorar a marcação.

ZAGUEIROS:

Thiago Silva (Milan) - Excepcional.

David Luiz (Benfica) - Excepcional.

Breno (Bayern) - Apareceu bem no São paulo. Não sei como anda no Bayern.

Luisão (Benfica) - Bom zagueiro, embora de idade avançada.

VOLANTES:

Lucas (Liverpool) - Ótimo volante. Vem se destacando na péssima fase de seu time.

Sandro (Tottenham) - Muito bom, mas não vem jogando muito.

Elias (Atlético de Madrid) - Bom jogador, mas como acabou de chegar a Espanha não vem jogando com frequência.

Ramires (Chelsea) - Convocação obrigatória.

Anderson (Manchester United) - ótima lembrança. Vem jogando muito bem na Inglaterra.


MEIAS:

Hernanes (Lazio) - Finalmente foi convocado. Se adaptou bem na Itália e é o grande jogador do clube.

Jadson (Shakhtar Donetsk) - Nunca me empolgou.

Renato Augusto (Leverkusen) - Sempre tiv com bom jogador, mas, sinceramente, quase não vejo campeonato alemão.


ATACANTES:

Robinho (Milan) - Vai muito bem no Milan.

Alexandre Pato (Milan) - Vive machucado, mas é um jogadoraço.

André (Dínamo de Kiev) - Convocação inacreditável.

Hulk (Porto) - Está comendo a bola no Porto. Convocação merecidíssima.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Grêmio: Perder Jonas não é o fim do mundo


Dois milhões e 850 mil reais. Foi por este valor que o Grêmio perdeu seu grande artilheiro Jonas, que acertou com o Valencia, da Espanha. É um golpe difícil de ser assimilado pelo time de Renato Gaúcho, ainda mais as vésperas da Copa Libertadores da América.

Não acho Jonas um grande jogador. Nem um grande artilheiro, mas desde o ano passado vive uma fase sensacional e faz gols de todas as formas. O presidente do Grêmio, Paulo Odone disse que tentou segurar o jogador:

"Chamei os dois irmãos do Jonas na minha sala. Ofereci R$ 6 milhões de luvas ao jogador e mais R$ 600 mil de salário", disse Odone.

Ainda bem que os caras não renovaram. Com esta grana ele contrata atacante muito melhor que Jonas. Até o Borges, que está lá voltando de contusão joga mais que o agora ex-atacante gremista.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Fluminense sobra contra o Olaria: 6 a 2


Não vi o jogo do Fluminense, mas apesar de alguns sustos, o Tricolor passeou e venceu o Olaria por 6 a 2.Destaque para a dupla de ataque formada por Fred e Tartá, que anda jogando muito bem.

O ponto negativo ficou mais uma vez com o meia Deco, que além de não jogar nada, saiu mais uma vez machucado.

O Fluminense sobra no Cariocão como melhor time. Veja os melhores momentos do jogo.





Rodrigo Stafford
Leia mais

Botafogo passeou sobre a Cabofriense


No domingo, o Botafogo sobrou contra o fraco Cabofriense e venceu por 5 a 0, sem grandes problemas. O grande destaque do jogo foi o o volante Goéber, que marcou dois gols contra.

No Alvinegro, Loco Abreu foi bem, assim como Cajá e Caio. Quem não teve lá grande grande atuação foi Herrera, que está voltando de atuação e se mostrou completamente sem ritmo.

Veja os melhores momentos.




Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Cruzeiro se enfraqueceu


O Cruzeiro já foi melhor. Juntando a política de Cuca que se resume a descobrir talentos somada com o tesão da diretoria em vender jogadores, o resultado é uma equipe mais fraca nesta temporada. Mas não se iludam, o time mineiro deve lutar por mvaga na Libertadores neste ano.

Os reforços que chegaram não empolgaram ninguém. No ataque, Ortigoza, André Dias, Reis e Eliandro foram contratados. A Raposa sonhou com a volta do Gladiador Kleber, mas o negócio ainda não vingou. Na defesa chegaram Naldo, ex-Ponte Preta e Fabrício, ex-Palmeiras. Além disto, o queridinho de Cuca, Leandro Guerreiro foi contratado.

A equipe mineira perdeu elenco. Saíram os defensores Caçapa, leonardo Silva, Elicarlos e Wellington. Além do ótimo lateral Jonathan, que foi para o Santos e o volante Fabinho, ex-Corinthians. 

Na minha opinião, o omelete de Cuca está com menos tempero e menos ovos do que na temporada passada.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Flamengo: Vitória tranquila sobre o América


Jogando dentro de uma panela de pressão - não pela torcida, mas pelo calor -, o Flamengo venceu o América por 3 a 1 e segue seu rumo para a classificação às semifinais da Taça Guanabara.

O time começa a pegar entrosamento, mesmo sem a presença de seus astros Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves.

Veja os melhores momentos.





Rodrigo Stafford
Leia mais

A crise chegou ao Vasco


Vi o jogo do Vasco e foi triste. O Nova Iguaçu foi melhor que o time da Colina em boa parte do jogo, isso tentdo jogado mais de 60 minutos com um jogador a menos. É ruim dizer que quem jogou como grande foi o Laranja da Baixada Fluminense.

O Vasco é uma caricatura de time e poucos se salvam. Prass não teve culpa de nada e ainda salvou. Fágner tentou jogar o tempo todo e foi a melhor opção ofensiva do time. acho que para por aí. Os zagueiros Fernando e Cesinha - Douglas, que jogou contra o Resende também - são horríveis. Ramon não joga nada há tempos. Felipe é uma piada. Não tem sangue nenhum. Carlos Alberto, o grande talento do time, não joga, pois está sempre machucado e Marcel é ruim demais.

Vai melhorar? vai. Dedé, Anderson Martins e Eduardo Costa são muito melhores que os titulares, mas mesmo assim é muito pouco para um time com as tradições do Clube de Regatas Vasco da Gama. 

Veja os melhores momentos:





Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Coritiba luta para não cair, mas pode mais


De volta a Série A, o Coritiba ainda não fez grandes investimentos. Manteve a base, que sobrou na segunda divisão e trouxe reforços pontuais, que podem dar meuito certo na equipe dirigida por Marcelo Oliveira, que substitui Ney Franco, que agora é treinador da seleção brasileira sub-20.

O clube acertou a permanência de Leo Gago e trouxe os laterais Maranhão e Eltinho, o volante Davi, o zagueiro Emerson (ex-Avaí) e o atacante Anderson Aquino. A grande aposta é em uma boa temporada do atacante Leonardo, aquele mesmo que passou por Paraná e Flamengo, mas vivia contundido. O craque do time continua sendo Tcheco, que deve se aposentar no fim de 2011.

Não acho o time do Coritiba ruim. Acho até que pode ficar no meio da tabela, desde que não esqueça que o primeiro objetivo é fugir de um novo rebaixamento.

Provável time-base: Edson Bastos; Jéci, Pereira e Emerson; Maranhão, Léo Gago, Davi, Tcheco e Eltinho; Marcos Aurélio e Leonardo (Anderson Aquino)

Técnico: Marcelo Oliveira

Rodrigo Stafford

Leia mais

Top 10 NBA - 22 de janeiro


As dez jogadas mais incríveis da semana da NBA!


Leia mais

RX2011: Corinthians não é favorito


O Corinthians, terceiro colocado no Brasileirão do ano passado, parece satisfeito com o elenco que tem. Não houve grandes contratações. Chegaram o zagueiro Wallace, ex-Vitória, o lateral esquerdo Fábio Santos, o desconhecido meia peruano Luis Ramírez e o atacante William, que ano passado jogou a Série B pelo Figueirense. Além desses, conta também com a volta de jogadores emprestados, dentre os quais se destacam Edno, Diego Sacoman e Morais.

O time parece mais fraco que no ano passado. Além do zagueiro William, recentemente aposentado, o time não conta mais com o veterano Iarley, negociado com o Ceará, e os meias Defederico e Boquita. Isso sem falar em Elias, destaque do time, convocado frequentemente por Mano Menezes para a seleção brasileira e vendido para o Atlético de Madrid. Apesar disso, conta ainda com um bom time, que não é favorito, mas pode lutar por títulos.

Provável time-base: Júlio César, Alessandro, Chicão, Paulo André (Wallace) e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei e Bruno César; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.


Renato Stafford

Leia mais

RX2011: América-MG tem bom projeto, mas luta pela permanência


O projeto do América-MG é interessante e seu presidente já descartou a contratação de veteranos para o time. Começou bem, já que a imprensa divulgava o interesse em ramon e Petkovic. Daniel Lovinho e William Moraes são jovens promissores e podem dar certo, mas a experiência do goleiro Flavio, o meia Irênio e do atacante Fabio Junior será fundamental.

Apesar de o projeto ser bom, o Coelho vai brigar para permanecer na Série A. Vai precisar de sorte e fazer valer o mando de campo para conseguir isso. O técnico Mauro Fernandes vai usar o Mineiro como laboratório e certamente trará mais reforços para o Brasileirão

Provável time-base: Flávio; Micão, Preto  e Gabriel; Sheslon, Dudu , Leandro Ferreira, Irênio  e Rodrigo; Daniel Lovinho e Fábio Junior. Técnico: Mauro Fernandes

Rodrigo Stafford

Leia mais

Botafogo e Fluminense estreiam no sufoco



Os outros dois clubes grandes do Rio de Janeiro estrearam ontem no campeonato Estadual. Tanto, Botafogo, quanto Fluminense passaram sufoco contra Duque de Caxias e Bangu, respectivamente. Mas a tendência que os dois melhorem com o passar do campeonatp, apesar de ter achado o time do Botafogo mais fraco do que no ano passado.

Botafogo 2 x 1 Duque de Caxias

Depois de um primeiro tempo muito ruim, onde sofreu 1 a 0, em um pênalti inexistente de Lucas em Geovani Maranhão, o Alvinegro fez um segundo tempo melhor, mas na base do abafa. Deu sorte pela bola ter batido na mão do zagueiro. No pênalti, Loco Abreu empatou. Quando empata, o time grande dificilmente perde o jogo. Foi o que aconteceu. Caio resolveu o jogo para o Fogão. De bom, a declaração de Loco Abreu: “No ano passado a gente já estava jogando igual: marcação, marcação. Todo time que pega a gente trata melhor a bola, cuida melhor da bola, tem melhor posse de bola. A gente não consegue criar uma solução. Precisamos encontrar outra forma de jogar. Hoje, com todo o respeito, se fosse outro time mais qualificado a gente não ia virar, não. Eles mereceram um bom resultado. Não podemos passar esse sufoco.”, disse o atacante. Além disso o lateral Lucas foi muito bem, assim como Caio. Mas não gostei de Renato Cajá. O Glorioso precisa urgentemente de um armador.




Fluminense 1 x 0 Bangu

Um ótimo jogo. O Bangu foi uma agradável surpresa e jogou de igual para igual com o Tricolor em toda a partida. O Alvirrubro merecia melhor sorte na partida. Destaque para os meias Galhardo e Ricardinho. No Fluminense, Souza foez boa estreia por 37 minutos. Em seguida, foi burro e expulso. Mas mostrou que será muito útil. Tartá foi o cara no tricolor ao fazer linda jogada para o gol de Fred. Aliás, como se joga no chão, o Fred, mas decide quando o time precisa. De ruim, Deco foi lamentável, assim como Valencia e Julio Cesar. Berna foi bem mais uma vez e Diguinho fez ótima partida. O time de Muricy Ramalho vem muito forte, mas ainda não mostrou nem 10% do que pode para a temporada 2011.





Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Atlético-PR vai sofrer


Assim como em 2010, o Atlético-Pr começa o ano sem contratações bombásticas. Apesar de ter feito boa campanha no Brasileirão de 2010, quando lutou até o fim por uma vaga na Libertadores da América, o Furacão não deve galgar grandes coisas em 2010 e tem que se preocupar com a parte de baixo da tabela.

As grandes contratações até aqui foram o meia Madson, ex-Santos, e o atacante Lucas, que já jogou no furacão e estava no futebol japonês. O clube perdeu o goleio Neto, que foi vendido, e bem, para a Fiorentina, além do atacante Maikon Leite, que voltou o Santos e Marcio Azevedo, que foi para o Botafogo.

O técnico Sergio Soares deve, mais uma vez, apostar no veterano Paulo Baier. E para piorar os zagueiros Rhdolfo e Manoel, os grandes destaques do clube no Brasileirão, receberam várias propostas e podem sair.

Provável time-base: João Carlos; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Alê, Deivid (Clayton), Madson e Paulo Baier; Guerrón e Nieto (Lucas). Técnico: Sérgio Soares

Rodrigo Stafford

Leia mais

Vasco e Flamengo: Pé esquerdo e pé direito



Começou o chato Cariocão. Dezenas de jogos sem sentidos de times ruins contra times nem tão ruins, onde o resultado é um detalhe pra lá de previsível. Vi Vasco x Resende e grande parte de Flamengo x Volta Redonda. Eis os comentários.


Vasco 0 x 1 Resende

O bem armado time de Paulo Campos conseguiu a vitória. O placar foi justo? Não. Melhor seria se fosse empate. Alexandro, do Resende, foi o grande destaque do jogo, pois além de marcar o gol ainda levou a defesa vascaína à loucura com seus dribles curtos. Já o Vasco começa o ano pressionado. O time foi um bando em campo e só Carlos Alberto e Fágner tentavam alguma coisa. Felipe esteve sumido do jogo e o "reforço" MArcel mostrou o que os torcedores santistas já sabem. Não é tão reforço assim. Para os vascaínos vale lembrar que as voltas de Dedé, Anderson Martins, Eduardo Costa, Fellipe Bastos, Jumar e Zé Roberto o time vai melhorar e ganhar opções.








Flamengo 2 x 0 Volta Redonda

Mesmo sem as grandes contratações do ano - Ronaldinho Gaúcho, Bottinelli e Thiago Neves -, o Flamengo fez o dever de casa e venceu sem problemas. Destaque para Vander, que não sentiu o peso da camisa rubro-negra e vem melhorando jogo a jogo. Um destaque silencioso para Fernando. Ele não vai ser titular (a vaga é de Maldonado), mas abandonou o estilo botinuldo e se adaptou bem a posição de primeiro volante. Pelo menso por enquanto tem feito valer a renovação de contrato. O lado negativo, mais uma vez, foi Deivid. Ele ainda não jogou com a camisa do Fla. Seu substituto Wanderley entrou com mais disposição e foi bem. Deivid tem que melhorar e urgente. A tendência é que o Fla só melhore com as estreias, mas sinta a falta de entrosamento nos clássicos. Mas foi uma boa estreia. Sem sustos.






Rodrigo Stafford
Leia mais

RX2011: Atlético-MG vem muito forte


O Atlético-MG contratou muito. Talvez só tenha contratado menos do que o Bahia. Era necessário? Não sei. O time do Galo era bom no ano passado, mas não se encaixou. Richarlyson, Toró, Jobson, Mancini, Magno Alves, Leonardo Silva, Patric, Giovani  e Wesley foram contratados e terão o melhor técnico do país no comando, Dorival Junior.

O treinador tem um elenco e somado com bons nomes que ficaram e podem render muito mais como Daniel Carvalho, Diego Souza e Réver pode ser um dos grandes favoritos a todos os títulos do ano, mas para isso vai precisar do que faltou em 2010: conjunto.

O ponto forte da equipe são as grandes e boas opções de ataque como Diego Tardelli, Ricardo Bueno, Obina, Jobson, Wesley e Magno Alves.

Provável time-base: Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Leandro; Toró, Richarlyson, Diego Souza e Mancini; Diego Tardelli e Obina. Técnico: Dorival Junior

Rodrigo Stafford

Leia mais

Vasco: Time de PC Gusmão é a quarta força


Raios e trovões fecharam o tempo em São Januário e o vento que trouxe a chuva de verão no fim da tarde também levou as boas notícias embora da Colina. Por problemas de documentação, o volante Eduardo Costa e os zagueiros Dedé e Anderson Martins estão fora da estreia do time no Cariocão, hoje, às 19h30m, contra o Resende, em São Januário.

Pelo menos a situação dos três está definida. Pior é o volante Rômulo, que foi para a concentração sem saber se poderá ser aproveitado, também por problemas jurídicos.

— Estou levando para a concentração. Cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça e nós já vimos um caso parecido anteriormente. Vamos tomar todas as medidas necessárias para não sermos punidos — afirmou o técnico PC Gusmão, que também terá os desfalques de Zé Roberto, Jumar e Fellipe Bastos, que estão machucados.

Embora menos badalado do que Botafogo, Fluminense e Flamengo, o técnico PC Gusmão não aceita de jeito nenhuma o rótulo de quarta força do Rio de Janeiro.
— Vestir a camisa do Vasco é sentir o peso de um clube que tem uma tradição de conquistas. Nossa responsabilidade é enorme sempre, mas estamos bem preparados — garantiu PC, que terminou o rachão mais cedo por conta da chuva. O time liderado por Felipe levou a melhor sobre o de Carlos Alberto por 5 a 0.

Mesmo com o discurso veemente, no seu íntimo PC Gusmão sabe que não tem time para brigar pelo título. Pior que o time é o plantel, que não dá opções ao treinador. Uma brincadeira que rola é a pergunta: Já imaginaram uma dupla de volantes formada por Nilton e Eduardo Costa? Vai bater em quem passar.

Rodrigo Stafford
Leia mais

Cariocão: Atração é Ronaldinho Gaúcho, mas Fluminense é favorito



O campeonato Carioca começa amanhã e vejo os quatro times grandes em patamares diferentes de força. Independente da minha avaliação, Botafgo, Flamengo, Fluminense e vasco terão muito trabalho no início, já que o tempode pré-temporada foi muito curto e a taça Guanabara é uma competição rápida, no qual um tropeço pode custar a eliminação.

O Fluminense é franco favorito. Manteve a base que conquistou o Brasileiro e contratou muito bem. Pouco, mas nas posições certas. Souza é bom jogador, assim como Araújo. Mas quem pode ser muito útil é Edinho, que cai como uma luva no planejamento tático de Muricy Ramalho. Para mim, o gol é uma incógnita, já que não sei o que esperar de Diego Cavallieri.

Em segundo plano vejo o Flamengo e um pouquinho atrás o Botafogo. O Rubro-Negro contratou bem, mas precisará muito encaixar as peças antes de qualquer coisa. Mas não dá para negar que o Fla subiu de patamar com as chegadas de Ronadinho Gaúcho, Thiago Neves e Felipe. Entretanto, falta um ataque mais potente e um lateral-esquerdo para ser titular.



O Glorioso reformulou seu elenco, mas sem perder a base, nem abrir mão da forte marcação que gosta Joel Santana. Para o lugar de Leandro Guerreiro chegou Arévalo. No meio, Everton não é o camisa dez que o time precisa. Este é Maicosuel, que só voltará aos campos em maio. Lucas e Marcio Azevedo podem dar potência pelas alas, mas João Filipe é uma incógnita para mim.

O Vasco continua como quarta força do Rio. O time não é ruim, mas não há conjunto. Os reforços foram modestos. Anderson Martins foi o destaque da temporada e certamente é melhor do que Titi ou Cesinha. Marcel não empolga na frente. A grande questão em São januário é se carlos Alberto vai resolver jogar este ano ou ficará mais tempo no departamento médico. Mas mesmo que ele jogue, vejo o time de PC Gusmão abaixo dos outros.

Entre os pequenos, destaque para Volta Redonda e Duque de Caxias. O time da cidade do aço contratou muito e vem treinando há algum tempo. Destaques para jean, ex-Vasco e Lopes Tigrão. O Caxias fez ótima campanha na Série B ee aposta no Estadual como uma preparação para o torneio nacional.


Rodrigo Stafford

Leia mais

Brasil sub-20: Neymar faz quatro na estreia


Neymar comandou a festa e a vitória do Brasil sobre o Paraguai por 4 a 2. O atacante do santos fez os quatro gols brasileiros e nem se incomodou com o fato de o time canarinho ter acabado a partida com dois jogadores a menos, já que Zé Eduardo e Henrique foram expulsos. Veja os gols.





Brasil: Gabriel, Danilo (Rafael Galhardo), Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Casemiro, Zé Eduardo, Lucas (Romário), Oscar (Fernando) e Neymar; Henrique. Técnico Ney Franco

Paraguai: Mario Ovando, Raúl Cáceres, Gustavo Gómez, Diego Viera e Nelson Ruiz (Oscar Ruiz); Diego Benitez, Hernán Pérez, Marcos Gimenez e Ivan Torres (Montenegro); Jorge Ortega (Contrera) e Claudio Correa. Técnico: Adrian Coria
Leia mais

Top 10 NBA - 17 de janeiro


As dez melhores jogadas da NBA da semana!

Leia mais

Olho aberto no Desportivo Brasil


Vou deixar bem claro. Acho a Copa São Paulo de futebol junior um saco. São times demais e futebol de menos. A competição fica razoável a partir do mata-mata, mesmo assim continua com time fracos demais. Mais um fato me chamou a atenção: o Corinthians perdeu do Desportivo Brasil e foi eliminado.

Para quem não sabe, o Desportivo Brasil é o time da Traffic, a mesma empresa que está construindo o novo estádio do Palmeiras e são parceiros do Flamengo na contratação de Ronaldinho Gaúcho. 

Não acho que o interesse de J Hawilla, presidente da Traffic,  seja criar um novo time, e sim, revelar jogadores para vendê-los. Mas vencer o Corinthians, que tem  uma base forte, é sinal que o trabalho está sendo bem feito. Melhor ficar de olho nos jogadores do Desportivo Brasil.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Botafogo: A saída de Leandro Guerreiro é uma boa?


Muitos amigos botafoguenses, tanto em conversas, quanto no facebook comemoraram a saída de Leandro Guerreiro para o Cruzeiro como se fosse uma contratação. Confesso que me surpreendi, pois acho Guerriero muito bom jogador e com vaga na maioria das equipes da Série A do Brasileirão.

Os argumentos são interessantes. Que o volante já cumpriu seu ciclo e que representa uma fase não muito legal do clube, com seu ápice no chororô. Aceito os argumentos, mas continuo achando Guerreiro um jogador valoroso que teria lugar fácil no time do Botafogo. 

Joel aposta no garoto Lucas Zen, que pareceu bom jogador na reta final do Brasileirão. Mas vai continuar tendo que contar com Fahel no seu elenco. Jogador voluntarioso, mas ruim e que comete erros demais. acho que Guerreiro ficar e fahel sair era uma situação melhor para o Glorioso.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Comemorar ou não, eis a questão


Virou moda no futebol brasileiro. Se determinado jogador faz gol em um jogo contra equipe em que atuou anteriormente, é difícil vê-lo comemorando. Foi assim com Fred, nos jogos contra o Cruzeiro, Adriano contra o São Paulo, Diego Souza, jogando contra o Palmeiras, Obina contra o Flamengo, entre outros.

Ontem, em sua apresentação como novo jogador do Flamengo, Thiago Neves disse que comemoraria sim um gol contra o Fluminense, time que o projetou nacionalmente. Essa declaração chamou a atenção, pois é oposta às estampadas nos jornais do dia anterior, nas quais o meia dizia que não comemoraria.

Os defensores de tal prática alegam que é uma demonstração de carinho pelo ex-clube. Já os críticos afirmam ser falsa demagogia e falta de respeito com o atual clube. Eu, particularmente, acho que jogador deve comemorar sempre que faz gol.

Hoje em dia o futebol é profissional e essa não-comemoração pode gerar especulações (falsas ou não) sobre uma possível volta ao antigo clube. Mas jogador de futebol é assim, adora estar na moda. E se virou moda não comemorar gols, por que fazê-lo?


Renato Stafford


Leia mais

Vasco: O mistério das cruzes



"A Cruz de Malta é o meu pendão...", assim diz o hino do Vasco e desta maneira, o time da Colina conquistou os inúmeros títulos que o fizeram um dos gigantes clubes do futebol brasileiro. mas um erro vai do hino ao escudo vascaíno, o que muitos não sabem. A Cruz de malta, na verdade é a cruz Pátea.


O engano vai mais além. No terceiro uniforme vascaíno, a Cruz de Cristo é utilizada. O erro é histórico e segundo a Wikipédia foi uma suposição errada de que o navegador português Vasco da Gama utilizava tal símbolo em sua velas; contudo, o símbolo que utilizam, na verdade, é a Cruz Pátea, a qual denominaram Cruz de Malta, consagrando o equívoco entre milhões de torcedores do clube. Já a cruz utilizada por Vasco da Gama, por sua vez, era uma terceira cruz distinta: a Cruz de Cristo.


Não valia, pelo menos uma camisa comemorativa com a cruz Pátea?






A primeira é a cruz Pátea. A segunda, a cruz de malta e a terceira a cruz de Cristo.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Corinthians: Um sonho com Luis Fabiano


Depois de flertar com Ronaldinho Gaúcho, o Corinthians sonha com Luis Fabiano. Acho muito difícil, quase impossível mesmo. Fabuloso é titular no Sevilla e tem mercado na Europa.

A proposta corintiana foi absurda em termos de Brasil - 11 milhões de reais -, mas baixa para os europeus, ainda mais que o brasileiro tem mercado no Velho Continente. O Sevilla não vai liberar o jogador por menos de 20 milhões.

Apesar de Luis Fabiano não ter lugar na minha seleção brasileira, certamente seria  uma excelente contratação para qualquer time brasileiro, mas o Corinthians não carece de centroavantes, pois tem Ronaldo. Seria melhor investir em um camisa 10, já que Danilo não se adapta ao time, ou em um faz-tudo como Elias, que fará muita falta ao time do parque São Jorge.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Manchester City faz a limpa


Vice-líder do campeonato Inglês, o Manchester City está fazendo uma  limpa no seu elenco. Saíram o lateral-esquerdo Wayne Bridge, o atacante Santa Cruz e o ponta Shaun Wright-Phillips. É a faxina do meio da temporada promovida pelo técnico Roberto Mancini.

Dos três, para mim o melhor é Bridge, que é bem competente em sua posição. é verdade que ele ficou mais famoso pelo problema com o John Terry, que teria um caso com sua mulher, do que dentro de campo, mas é um bom jogador. Bridge foi para o West Ham, para tentar salvar o time do rebaixamento.

Santa Cruz é um jogador para compor elenco. Um atacante mediano, que vai voltar para o Blackburn, onde é um dos grandes ídolos. Shaun Wright-Phillips joga pelas pontas, é veloz e útil. Mas Mancini abriu mão dele. O time azul de Manchester ainda não definiu o futuro do jogador.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Brasileirão não é o quarto melhor campeonato do mundo


A Federação Internacional da História e Estatísticas do Futebol (IFFHS) é uma piada. e muito da sem graça. Eles anunciaram a lista dos melhores campeonatos do mundo e "a classificação é feita de acordo com os pontos obtidos pelas equipes de cada campeonato em competições locais e internacionais oficiais e outorgando essa quantia de pontos ao torneio correspondente".

Nada mais subjetivo. O campeonato espanhol foi eleito o melhor do mundo. Mas das últimas 27 edições apenas cinco não foram vencidas por Real Madrid ou barcelona. Equilibrado e competitivo não é? Mas pelo menos os melhores jogadores do mudno estão lá. Fato.

E o Brasileirão? Ficou na quarta colocação! Justo? Nem um pouco. Ficou na frente da alemanha e da França. Vamos pensar. Você acha que Renato augusto, Diego, grafite, Breno e outros não seriam estrelas se jogassem no Brasil. Além disto, no campeonato alemão há jogadores de todas as partes do mundo.

Segue a lista da IFFHS

1. Espanha: 1092,0.

2. Inglaterra: 1039,0.

3. Itália: 1021,0.

4. Brasil: 982,0.

5. Alemanha: 932,0.

6. França: 884,0.

7. Argentina: 861,0.

8. Portugal: 789,5.

9. Holanda: 787,5.

10.Ucrânia: 709,0.

Rodrigo Stafford

Leia mais

José Mourinho, o melhor do mundo


Há tempos bato nesta tecla. José Mourinho é, de longe, o melhor técnico do mundo. O cara ganhou tudo no Inter de Milão (Copa da Itália, o Campeonato Italiano e a Liga dos Campeões) e não satisfeito assumiu o maior desafio de sua vida: dar um jeito no bagunçado Real Madrid.

Confesso que tive medo de que o prêmio fosse dado a Vicente Del Bosque pelo título da Copa do Mundo com a Espanha. O espanhol é ótimo treinador, mas não merecia. Foi perfeito o pódio da Fifa com o excelente Pep Guardiola em terceiro.

Poucas vezes a Fifa foi tão justa em uma eleição como nessa de melhor treinador do mundo.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Marta é penta com justiça


Não gosto de futebol feminino. Não é machismo. Acho o jogo taticamente ruim, lento e truncado. Mas eu gosto de Marta. É alegre, veloz e, principalmente, inteligente. A brasileira venceu pela quinta vez seguida o prêmio de melhor jogadora do mundo. Com justiça, já que assim como Messi, no masculino, ninguém faz o que Marta consegue.

A brasileira superou duas alemãs Fatmire Bajramaj, de apenas 22 anos e a já veterana Birgit Prinz, de 33 anos.  O que mais me impressiona em Marta é que ela tem apenas 24 anos. Imagina na hora que a seleção brasileira conseguir conquistar títulos como ela será ainda mais soberana entre as mulheres.

Rainha. Com justiça.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Flamengo: Ronaldinho Gaucho é negócio. E dos bons


Acabou a novela. Ontem, o Flamengo anunciou a contratação de Ronaldinho Gaúcho. Prestes a completar  31 anos, ele é o carro-chefe do time da Gávea na temporada 2011, Um golaço da péssima diretoria rubro-negra. Patricia Amorim e seus diretores ficaram quietos e conseguiram o reforço sonhado pelos torcedores.

Sinceramente, sempre achei RG um malabarista. Mas não do lado bom da história. Tirando as temporadas que fez chover no Barcelona (2004 e 2005), o achava extremamente habilidoso e pouco efetivo.  Tem uma qualidade absurda, mas sempre pareceu mais preocupado em mostrar sua técnica do que arrumar uma maneira objetiva de jogar para fazer gols ou dar assistências.

Então estou dizendo que Ronaldinho não joga nada? Não. Ainda mais no futebol brasileiro em que Ronaldo com 100 kilos faz gols na hora que quer. Certamente ele vai se destacar porque seu nível é de jogador de futebol europeu. Mas repito: Ronaldinho não me enche os olhos. Além do que o risco de o dentuço estar mais interessado nas noites cariocas do que em jogar futebol é grande.

No quesito negócio foi ótimo para o Flamengo. Não sei quanto estão pagando para o Gaúcho, mas vale. O dinheiro que ele vai trazer para o Rubro-Negro é absurdo. Se a Batavo pagava 24 milhões na camisa do Fla no ano passado, quanto passa a valer agora? 50? Além disso, se bem explorado é um ótimo produto de marketing.

Por último, RG é ídolo. Quando trabalhei na Copa Nike (uma peneira promovida pela empresa), ele era, de longe o jogador mais idolatrado pelos aspirantes a jogadores. E o mesmo acontece entre os profissionais. Muita gente vai querer jogar no Flamengo por causa do Ronaldinho. Aconteceu isso no Corinthians com Ronaldo, e deve acontecer no time da Gávea. É só a diretoria aproveitar a onda.

Rodrigo Stafford

Leia mais

Messi é o melhor do mundo. De novo


A Europa se surpreendeu com a vitória de Messi como melhor jogador do mundo. Eu não. Me surpreendi com o holandês Sneijder não ter ficado entre os três primeiros, isso sim. Entre Messi, Xavi e Iniesta, acreditava que daria o argentino, que embora não tenha feito uma boa Copa do Mundo, se sobre põe aos companheiros de Barcelona quando estão no time catalão.

Por que falo tanto em Sneijder? Pelo fato de o jogador do Internazionale de Milão ter vencido todos os títulos que disputou em seu time na temporada. Além disso, levou a Holanda ao vice-campeonato mundial e só não foi campeão porque deixou Robben na cara do gol e este não quis fazê-lo.

outra coisa que me surpreende é a ausência de Samuel Eto'o entre os dez primeiros colocados. O camaronês foi campeão da liga dos Campeões na temporada 2008-9 (com o Barcelona) e 2009-10 (com inter de Milão). É craque e taticamente é excepcional.

Segue a lista e com a porcentagem dos votos.

1. Lionel Messi (Barcelona) 22.65%

2. Andrés Iniesta (Barcelona) 17,36%

3. Xavi Hernandez (Barcelona) 16,48%

4. Wesley Sneijder (Inter de Milão) 14,48%

5. Diego Forlán (Atlético de Madrid) 7,61%

6. Cristiano Ronaldo (Real Madrid) 3,92%

7. Iker Casillas (Real Madrid) 2,90%

8. David Villa (Barcelona) 2,25%

9. Didier Drogba (Chelsea) 1,68%

10. Xabi Alonso (Real Madrid) 1,52%.

Leia mais

Cruzeiro: O silêncio na Toca da Raposa


Todo o início de ano é uma festa na Toca da Raposa. Muita festa com contratações, algumas vezes milionárias. Mas este ano tudo mudou. Apenas o lateral Geovani e o zagueiro Naldo foram apresentados. Ilustres desconhecidos.

Aí está o método Cuca de trabalhar. O técnico cruzeirense adora garimpar jogadores e não curte trabalhar com estrelas. Não gosta de competição com elas. Mas nem por isso ele mandará as estrelas cruzeirenses embora. Montillo, Gilberto e Roger continuam lá e com moral.

Mas em 2012  terão que jogar muito mais, já que todos os rivais, seja o Atlético-MG, em Minas, ou os da Libertadores - Santos, Corinthians, Fluminense e Grêmio - estão contratando pontualmente. A esperança é que o olho clínico de Cuca acerte mais uma vez.

Rodrigo Stafford

Leia mais