Share |

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Campeão com justiça


O Fluminense é o campeão brasileiro de 2010. E com muita justiça. Era o melhor time, foi o mais regular e, se não apresentou um futebol brilhante na reta final, fez o que os outros não fizeram: venceu.

O Tricolor tem um jeito de jogar que é a cara de seu treinador Muricy Ramalho. É pragmático e mesmo tendo quatros dos maiores jogadores do país - Deco, Conca, Emerson e Fred - fica longe de ser um time criativo e imprevisível. E com o toque de Muricy faz das jogadas aéres - paradas ou não - uma arma.

O Cruzeiro até jogou um futebol melhor durante o brasileiro, mas jamais teve a regularidade de um campeão. O Corinthians vivia sua Ronaldodependência e quando não tinha o roliço craque jogava nos contra-ataques um futebol que não merecia levantar o caneco. Dependeu muito dos potentes chutes de Bruno César.

Então parabéns a Muricy, aos tricolores e ao Rio de Janeiro, isso sem esquecer duas pessoas que fizeram isso tudo possível. Conca, que carregou, muitas vezes sozinho, o time nas costas e Celso Barros, presidente da Unimed, que gastou rios de dinheiro para ver seu time de coração campeão.

Rodrigo Stafford

1 comentários:

Renato disse...

Parabéns ao Flu, agora incontestavelmente 3o maior time de futebol do Rio.

6 de dezembro de 2010 12:30

Postar um comentário