Share |

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Vanderlei já faz seu primeiro milagre


Não dá pra saber se o Flamengo estava jogando tão mal porque os jogadores não gostaram do estilo Silas ou a chegada de Vanderlei Luxemburgo - como de qualquer outro técnico - deu aquele costumeiro gás extra no time. O fato é que na estreia do treinador coisas que pareciam impossíveis aconteceram: o ataque do Flamengo fez os dois gols da vitória. E Val Baiano conseguiu finalmente marcar o primeiro depois de 10 jogos - oração, reza forte, macumba ou boacumba, não importa, nada estava adiantando, mas Vanderlei adiantou.

Não pude ver o jogo - estava vendo Cruzeiro e Goiás -, mas pelos comentários ao lado os rubro-negros não têm ainda o que comemorar. Disseram que o futebol foi fraco, com leve melhora no segundo tempo e o tal dedo do técnico no time mesmo com os poucos dias de trabalho. Já é alguma coisa pra quem quer fugir do rebaixamento (detalhe importante a ser lembrado é que é apenas uma ameaça, de fato o Flamengo ainda não esteve entre os quatro últimos e, por isso, só depende dele).

Uma arrancada igual a do Grêmio com Renato Gaúcho é pouco provável. O time tem muitas deficiências e dificilmente serão corrigidas em 10 rodadas. Cabe a Vanderlei, que disse que iria se reciclar (como ele conseguiu isso em 15 dias, não sei), saber reaproveitar os jogadores que tem nas mãos. Casca de ovo, de banana e papel usado sabemos que podem ser reutilizados. Como ele fará isso com um Pet se arrastando em campo, Renato Abreu fora de forma, Deivid quase um poste, entre outros, é missão pra quem chegou ao status de dirigir o Real Madrid.


Tatiana Furtado

0 comentários:

Postar um comentário