Share |

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Uma enganação chamada Caio






O atacante Caio deu uns bons dribles e fez alguns gols contra times pequenos do Rio no início do ano. Logo foi considerado promessa alvinegra. Não tem passado disso, na verdade. E dificilmente passará. É um bom jogador, e só. Não tem pinta de craque.

Sai do banco, a torcida vibra, dá uns dribles, cai mais do que fica em pé. Tenta cavar pênalti todo jogo e, por causa disso, vai pra casa com um cartão amarelo de graça. Levou um contra o Fluminense no domingo por esse motivo.

Leva puxão de orelhas do chefe que o apelidou de talismã - tudo bem que decidiu algumas partidas, marcou contra o Flamengo no Estadual e acabou ajudando no título. Mas deitou na fama muito rápido, já discutiu com torcedores e não aceitou bem as críticas.

Pediu desculpas, errou de novo, já foi barrado, novamente se desculpou. Tudo parte da juventude. Mas se aceitar o futebol que tem, sem achar que é mais do que isso, poderá ser um jogador eficiente. Como está, será mais uma promessa ou mais um engano.



Tatiana Furtado


0 comentários:

Postar um comentário