Share |

sábado, 23 de outubro de 2010

Uma bagunça chamada Roma





Imagine um time escalado assim: Lobont; Cicinho, Mexés, Juan e Riise; Fabio Simplicio, De Rossi e Pizarro; Totti, Adriano e Vucinic. Bom time, não é? Uma defesa sólida, um meio combativo e um ataque fortíssimo. Este poderia ser o time do Roma, se o técnico Claudio Ranieri quisesse. Mas com suas mil invenções, ele não escala assim e o resultado é a décima-terceira colocação no Italiano. Na Liga dos Campeões, os resultados são ainda piores. Depois de perder do Basel, em casa, o time é o lanterna em um grupo com Bayern de Munique, Basel e Cluj.

A crise está instalada na capital italiana e uma resultado ruim contra o Parma, no Enio Tardini, pode derrubar Ranieri. A imprensa do país já fala que Leonardo pode ser o substituto. Se isso for confirmado, é um ótimo nome, que pode agregar o time e deixar as panelas de fora.



Totti, por exemplo, é um Deus em Roma, mas não desfruta deste status para o bem. E apesar de jogar pouco, cria muitos problemas para o grupo e para o comando. Adriano, que foi para Roma para provar que não é um ex-jogador em atividade, continua fora de forma, assim como aconteceu no Flamengo. Mas o nível na Itália é diferente e ele não tem jogado, sendo substituído pelo limitado Borriello.

Acredito que Leonardo dê um jeito no bagunçado Roma, mas a primeira providência é demitir Ranieri.

EM TEMPO
Leonardo negou que vá assumir o Roma. Disse que suas ligações com o Milan ainda são muito fortes. Que venha outro para dar jeito.
Rodrigo Stafford

1 comentários:

Tati disse...

Como esperar seriedade num time com Adriano?

24 de outubro de 2010 17:45

Postar um comentário