Share |

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Torcedor quer bons jogos ou estádio moderno?



Deixar o carro no estacionamento; almoçar no restaurante famoso com toda a família; fazer compras no shopping ou na loja de artigos esportivos; comer um cachorro quente ou um pastel com cerveja na lanchonete cheia de telões... Assim é uma tarde/noite num estádio moderno europeu ou nos Estados Unidos, cujos atrativos vão bem além do jogo.

Com a proximidade da Copa só se fala em modernizar estádios e os projetos e as promessas apresentadas fazem crer que em 2014 seja assim por aqui também. Nada contra conforto pro torcedor, um museu decente no Maracanã e comida de qualidade. Mas não imagino que isso seja o suficiente pra manter os estádios brasileiros cheios ou que a falta disso é o motivo de estádios vazios.

Quem costuma ir ao estádio todo jogo do time vai pelo time, não pra comer, beber (tudo bem, a volta da cerveja, se houver, é mais do que bem vista) ou comprar boné da nike ou da adidas. A cultura do esporte como um grande dia de entretenimento ainda não chegou entre os torcedores de futebol no Brasil. Se tiver, ok. Mas não é isso que vai levar mais gente aos jogos.

O torcedor vai pra torcer, pra sofrer com o time. Mais torcedores vão, se o time estiver bem no campeonato. Bom exemplo é o Engenhão. Sempre quando o time está bem os alvinegros comparecem ao estádio, o que ultimamente tem sido com mais regularidade. Ou alguém imagina um Flamengo x Friburguense, sexta rodada do Carioca, lotar um Maracanã por causa das lojas e restaurantes...

Tatiana Furtado

0 comentários:

Postar um comentário