Share |

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Prass: goleiro sem carisma




Fernando Prass chegou ao Vasco no início de 2009, não muito conhecido pelos cariocas, mas logo assumiu a camisa 1, até então de Tiago. Falava-se bem dele em Portugal, onde jogou três anos pelo União de Leiria. Demorou pouco pra mostrar ser um goleiro seguro e bom. Mostrou isso no Carioca e na Série B. E continua na Série A.

Mesmo sendo um dos melhores goleiros que o Vasco teve nos últimos anos, falta a Prass algo que o faça entrar pra memória dos torcedores: carisma. Características que, muitas vezes, não tem a ver com talento. Mas pode ser suficiente pra que alguns jogadores ganhe fama de ídolo.

Prass tem tudo para vestir a camisa um do Vasco por mais alguns anos, mas dificilmente chegará ao status que Carlos Germano, por exemplo, tem com a torcida. Claro que ainda não conquistou título no clube - acho que a Série B não deve contar muito quando se trata de um clube grande.


Tatiana Furtado

0 comentários:

Postar um comentário