Share |

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O bom e pouco falado Fabricio


Pouco se fala de um jogador que é fundamental no Cruzeiro há tempos. Futebol elegante, cabeça erguida, marcação forte e saída de bola muito boa. Estou falando do volante Fabrício.

Ele é o desafogo do time. Faz a saída de bola com perfeição e quando os meias Montillo, Roger ou Gilberto estão muito marcados, ele organiza bem o jogo, dando uma ótima opção de passe.

Fabrício começou no Corinthians onde tinha fama de não jogar nada, mas ser bonitão e reclamão. O tempo passou, a maturidade veio, e ele se mostrou um ótimo jogador que pode até sonhar com a seleção brasileira. Isto, se Mano Menezes começar a olhar futebol e parar de chamar sua patotinha.
Rodrigo Stafford

0 comentários:

Postar um comentário