Share |

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Parabéns, Corinthians!


Salve o poderoso Timão! No dia 1 de setembro, o clube paulista completou 100 anos de idade com uma grande festa. Merecida, afinal o Corinthians tem a segunda maior torcida do Brasil, com mais de 20 milhões de "fiéis".

Fundado por um grupo de cinco operários de uma companhia ferroviária do bairro paulistano do Bom Retiro, o Corinthians dede o começo mostrou que era do povão. Em sua estreia nos campos de futebol, o Corinthians perdeu para o União da Lapa, por 1 a 0. O primeiro título foi o paulistão de 1914.

A época de ouro corintiana foi a década de 50. Quando foi campeão do Campeonato Paulista (1951 e 52), doTorneio Rio-SP (1950, 52 e 53) e da Pequena taça do Mundo (1953, primeiro título internacional do clube).


Talvez o grande craque da história do Corinthians, tenha sido Roberto Rivellino, no entanto, o jogador não conquistou um título sequer pelo Timão, já que atuou na época do jejum, que durou de 54 a 77. O sofrimento só chegou ao fim com o gol de Basílio, na final do campeonato Paulista contra a Ponte Preta.

Um ano antes, a invasão corintiana no Rio de Janeiro, fez o Fluminense como vítima. O Alvinegro do parque São Jorge dividiu o Maracanã com os tricolores em uma festa muito lembrada até os dias de hoje.

A década de 80 foi marcada pela Democracia Corintiana, liderada por Sócrates, quando os jogadores tinham voz e ajudavam a decidir os rumos do clube.

Mas a década de 90 guardava glórias nacionais ao Corinthians. Em 90, o time liderado por Neto e o goleiro Ronaldo, conquistou o Brasileirão sobre o São Paulo. Fato que se repetiria em 98 e 99 sob o comando de Marcelinho Carioca, o jogador mais vitorioso da história do time paulista.





Em 2005, mais um título nacional. O Timão ainda conquistou a Copa do Brasil em 2003 e 2008, além do Mundial de Clubes da FIFA, onde venceu o Vasco na decisão por pênaltis. Apesar dos corintianos comemorarem este título, ele é muito contestado. Primeiro porque o Corinthians foi um clube convidado e também porque esta foi a única edição do torneio, que contou com grandes clubes como Real Madrid e Manchester United.

A queda para a Série B, em 2007 foi uma mácula na história corintiana. No entanto, no ano seguinte uma campanha irrepreensível comandada pelo técnico Mano Menezes trouxe o Timão de onde ele nunca deveria ter saído: a Série A.

Parabéns ao Sport Club Corinthians Paulista.


Rodrigo Stafford

1 comentários:

Tati disse...

só não concordo em mudarem a data do jogo para a comemoração do centenário.

10 de setembro de 2010 15:35

Postar um comentário