Share |

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O ano do Pato



Depois de temporada marcada por lesões seguidas, Alexandre Pato tem tudo para fazer da temporada 2010/2011 o seu ano. Mais maduro, ainda que seja com apenas 21 anos, ele tem toda a confiança do clube rossonero e da torcida do Milan. Com status de ídolo alcançado desde a sua ida em 2007, o garoto só tem a ganhar com as chegadas de Ibrahimovic e Robinho.

Talento não lhe falta e com a sequência de jogos no chamado quarteto fantástico de Allegri, o mais jovem dos quatro jogadores, vai fazer a diferença. Na estreia do italiano contra o Lecce já deixou dois guardados. Considero Pato o mais talentoso do ataque do Milan - Ronaldinho Gaúcho já foi fora de série, hoje não se preocupa tanto em jogar futebol.

A grande prova de Pato será o confronto com o Real Madrid de José Mourinho pelo grupo G da Liga dos Campeões. O craque já jogou no Bernabéu na temporada passada e marcou duas vezes pela mesma competição. Mas, desta vez, o clássico põe frente a frente o badalado técnico Mou e o quarteto estelar do Milan.

Pelos problemas físicos, Pato ficou fora da lista final da seleção brasileira que disputou a Copa da África. Técnico e posturas novas no comando do Brasil, o garoto de 21 anos já parece ter ganhado seu espaço com Mano Menezes. Se o momento é de renovação, ninguém melhor do que um jovem com vigor e experiência internacional. Até o fim do ano, só haverá amistosos. Mas em 2011, Copa América e Pré-olímpico serão as principais competições nas quais o menino de Pato Branco poderá mostrar ser o novo dono da amarelinha.

O único porém é a forma como ele levará a sua carreira. Se profissionalmente ou se seguirá os passos de Ronaldinho Gaúcho, que hoje prefere brincar de jogar futebol apenas. Brinca bem, é fato. Mas já está próximo de ser um ex-jogador.


Tatiana Furtado

0 comentários:

Postar um comentário