Share |

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

O absurdo na Gávea. De novo!



Rubro-negros de organizadas vão à Gávea conversar e cobrar do técnico e jogadores do Flamengo. Novidade? Nenhuma. Absurdo? Sempre. Ainda mais quando corroborado pelo ídolo do clube e hoje diretor de futebol, Zico.

Nem adianta mais falar que lugar de torcedor é na arquibancada, torcendo, xingando, cobrando. Já virou clichê. Mas sempre vale perguntar quem são esses torcedores, que passam o dia inteiro no clube, geralmente não são sócios, mas têm passe livre.

Enchem o peito pra dizer que são Flamengo. Têm de ser mesmo, uma vez que muitos vivem às custas dele. Ganham ingresso para os jogos e depois revendem. Imensa prova de amor ao clube! Como a diretoria alimenta isso, não se pode estranhar tais fatos. Nem mesmo bombas na Gávea, sempre com cheiro de política no ar.

Caberia aos jogadores e ao técnico recusarem o pedido. Qual será o benefício de uma conversa com representantes de organizadas? O que os sábios têm pra falar aos jogadores? Além de meter medo fazendo cara de mau, o que mais eles têm a oferecer?

Quanto tempo pra alguém de cima cair após o episódio e os maus resultados?


Tatiana Furtado

2 comentários:

Renato disse...

Seguindo as declarações do atual técnico, o torcedor dirá que tem fé de que tudo vai melhorar...

29 de setembro de 2010 13:20
Rodrigo Stafford disse...

Excepcional texto. Uma pergunta cabe. Por que o torcedor de organizadas tem direito a ingressos e ir ao clube? Ele é mais importantes que os demais? Lugar de torcedor é no estádio e não em treinos. Espero que o MP extirpe todas as organizadas.

29 de setembro de 2010 13:48

Postar um comentário