Share |

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Atlético-MG: um time rachado



A frase que mais se ouve sobre o Atlético-MG é: "não tem time pra estar na zona de rebaixamento". Mas o fato é que está lá há algum tempo e só na última rodada mostrou fôlego pra sair. Coincidentemente ou não, foi após a saída do técnico Vanderlei Luxemburgo que veio a lufada de esperança. Acredito não ser tanta coincidência. Ambiente pesado, grupo dividido, derrubar treinador não é difícil nessas condições.

Jogadores renomados, talentosos, estrelas que já foram eleitas craques do Brasileiro. Diego Tardelli, Ricardinho, Réver, Daniel Carvalho e Diego Souza. Tudo pra ser um dos melhores times do campeonato comandado por um dos maiores vencedores do Brasil. Mas não deu certo até o momento. Assim como o Fluminense, pode dar uma daquelas arrancadas e se salvar. Não é impossível. Ainda assim continuará sendo um time que não deu certo.

Além da divisão em grupos, negada pelos jogadores, é claro, o Galo apostou em atletas que não disseram ainda a que vieram. Casos de Daniel Carvalho e Diego Souza. O primeiro exibe péssima forma física, os quilos a mais são visíveis. O segundo, que também não está na sua melhor forma, compromete pelo destempero. Só lembrar o carrinho em Carlinhos, do Fluminense, após ter entrado no segundo tempo.

Coincidência ou não, de novo, Diego Souza, eleito o melhor do Brasileiro 2009, estava no Palmeiras de Muricy Ramalho. Time líder do campeonato por maior número de rodadas, que se esfacelou na reta final e perdeu título e vaga na Libertadores.


Tatiana Furtado

0 comentários:

Postar um comentário