Share |

terça-feira, 13 de julho de 2010

Gatos-mestres se deram mal na Copa


Bom, como todos, nos afundamos na análise de como os times iriam na Copa do Mundo. O número de zebras no bolões, Brasil afora, nos serve de consolo, já que o Mundial da África do Sul, as zebras passearam. Neste espaço, nos autoflagelaremos.


Grupo A

Apostamos em França e México. Erramos metade. Os franceses fizeram uma Copa patética e saíram. O Uruguai surpreendeu e voltou a ser a velha Celesta. México se classificou, mas a revolução no futebol do país ficou para 2014. A África do Sul fez o que poderia fazer.


Grupo B

Para acertar que a Argentina seria primeira do grupo não precisava nem gostar de futebol. No equilíbrio entre as fracas Grécia, Nigéria e Coreia do Sul, apostamos nos gregos que tiveram uma Eliminatória mais complexa. Deu Coreia do Sul. Erro aceitável, acerto previsível.


Grupo C

Finalmente acertamos. Apesar do péssimo futebol inglês, acertamos que os times que falam a lígua de Shakespeare passariam de fase. Acreditava que tanto Estados Unidos como Inglaterra pudessem ir mais longe, mas ambos pararam nas oitavas.


Grupo D

Voltamos ao normal e erramos. Primeiro porque apostamos em uma boa campanha da Sérvia, que apesar de vencer a Alemanha foi mal. Os alemães, como dissemos, sempre chegam, mas não sabíamos que com tanto talento. Ozil, Muller e Podolski surpreenderam. Gana foi outra boa seleção, a qual não botamos fé. Digna de elogios.


Grupo E

Acertamos a Holanda. Nenhum mérito. Esperávamos que ela fosse longe, mas não até a final. Na segunda vaga, um devaneio. Apostamos que a Dinamarca faria boa campanha e que, com a força de Samuel Eto'o, Camarões poderia surpreender. Péssimo! Os samurais japoneses jogaram bem e só caíram nos pênaltis contra o Paraguai.


Grupo F

A campeã Itália derrubou todo mundo. Se apostamos que ela não iria longe, não prevíamos que cairia na primeira fase. O Paraguai nós acertamos. A Eslováquia surpreendeu e apresentou para o mundo o desconhecido Vittek. Será que alguém acertou que a Nova Zelândia seria a única invicta do Mundial?


Grupo G

O Brasil era pule de dez. O time de Dunga (argh) se classificou com sobras, mas caiu no primeiro bom adversário que enfrentou. A disputa entre Costa do Marfim e Portugal também. Mas, os africanos ficaram aquém do que poderiam mostrar. Os portugueses se classificaram, mas não foram longe como previsto. E Cristiano Ronaldo amarelou.


Grupo H

Molezinha apostar na Espanha. Mas, o Futeblogeando foi mais longe e disse que com um pouco de sorte os espanhóis poderiam levantar a taça. A sorte veio. Quanto a segunda vaga, mais um acerto. A Suiça não foi páreo para os chilenos que no fim cantaram a plenos pulmões seus maiores (e únicos) sucessos: "Si, se puede e Chi-chi-chi le-le-le"

0 comentários:

Postar um comentário