Share |

sexta-feira, 23 de abril de 2010

A dança dos técnicos no Rio




Tatiana Furtado

Acabou o Carioca e a movimentação no futebol do Rio, no lugar das contratações de reforços para o Brasileiro, ficou por conta dos técnicos. Cuca saiu do Fluminense, Andrade na corda bamba no Flamengo, Joel Santana, cheio de moral, ainda não renovou com o Botafogo, e Gaúcho não deve ter futuro longo no Vasco. A ladainha tradicional ano após ano por aqui.



Em outros países e até em outros clubes brasileiros isso seria impensável. Às vésperas do campeonato nacional, times no meio de outras competições, e todo o planejamento do ano por água abaixo. Um Carioca ruim derrubou Mancini, uma goleada derrubou Estevam Soares ainda no meio da competição. No fim da mesma, quem não ganhou caiu (Cuca) ou ficou ameaçado (Andrade). Joel já fizera um contrato para não ficar ruim para ambos caso o Botafogo fosse um fiasco. Foi campeão e agora se torna opção de todos.


Será que quem pegar os times agora vai conseguir colocar a casa em ordem em duas semanas - ainda haverá o recesso da Copa que servirá de minitemporada? Não acredito. Nem mesmo o badalado Muricy Ramalho, seja no Fla ou no Flu. Ele encontrará um mercado bem diferente do paulista. A pressão no Rio é bem maior e se manter por muito tempo aqui só com muitos títulos. Os cartolas prometem muito, planos a longo prazo. Bastam três derrotas seguidas e o discurso vai embora.

A minha aposta para o Brasileiro é: Muricy no Flu, Joel no Fla, Cuca no Vasco. Andrade no Bota? Duvido, mas completaria bem a dança das cadeiras.

1 comentários:

Renato disse...

Se o Joel não tivesse ficado no Botafogo, faria as mesmas apostas.

24 de abril de 2010 20:53

Postar um comentário