Share |

terça-feira, 20 de abril de 2010

Botafogo legítimo campeão carioca


Tatiana Furtado

O título estadual do Botafogo é indiscutível. Do time desacreditado por todos, Joel Santana chegou, arrumou a casa, impôs seu estilo de jogo e conseguiu tirar o melhor de cada um, até mesmo de jogadores que não se acreditava ter algo de bom. A partida de domingo foi simplesmente um resumo de tudo isso.

Do outro lado, um Flamengo desarrumado, com um meio-campo sem grande poder de criação, um Adriano apático, um Vágner Love corredor de sempre e uma crise logo ali no banco, onde estava Petkovic. No segundo tempo, o time até que tentou, aproveitou-se do recuo alvinegro. Mas faltava o semblante de campeão.

Exatamente o que tinha de sobra na turma do Joel. A vontade de vencer e de acabar com a história de vice de novo estavam em cada carrinho de um ou no pique do outro para não deixar a bola sair. E foi com essa vontade que o Botafogo se sagrou campeão.



Acho que o alvinegro teve um grande reforço na reta final do Carioca. A ausência de Lucio Flavio. Um jogador razoável, mas que não tem estrela, nem futebol para ser o craque e a cabeça pensante do time. Arriso a afirmar que, com ele em campo, teríamos mais dois jogos para decidir o título.

Sorte dos alvinegros. Além de merecimento.

Mas que os torcedores não se enganem. O time é fraco sim e precisa de muitos bons reforços para o Brasileiro. Ou periga, se ele continuar, ter de ser salvo do rebaixmento pelo Papai Joel.

1 comentários:

Renato disse...

"Acho que o alvinegro teve um grande reforço na reta final do Carioca. A ausência de Lucio Flavio. Um jogador razoável, mas que não tem estrela, nem futebol para ser o craque e a cabeça pensante do time. Arriso a afirmar que, com ele em campo, teríamos mais dois jogos para decidir o título."

Perfeito.

Título merecido.

22 de abril de 2010 13:27

Postar um comentário