Share |

sábado, 6 de março de 2010

O fraco campeonato Italiano

Tatiana Furtado

Longe de ser patriota e conclamar o futebol brasileiro como o melhor do mundo, um fato é praticamente indiscutível: o futebol italiano é fraco e dá sono, muito sono. Não falo de partidas como Livorno x Atalanta, Catania x Siena, que poderíamos comparar com os jogos do Brasileirão sem grande expressão. Mas de confrontos que envolvem os renomados Inter de Milão, Milan, Roma, Juventus, onde estão craques que vão desfilar pela Copa do Mundo em poucos meses.

Um bom exemplo foi a partida entre a líder Internazionale, de Julio Cesar, Lucio, Eto'o, Zanetti, Materazzi, entre outros, e o Genoa. O time de Mourinho havia jogado contra o Chelsea, outro jogo fraco com a presença de tantas estrelas. O que não serve de desculpa para o pouco futebol da equipe que conta com titulares das seleções da Argentina e do Brasil, duas das favoritas no Mundial. Venceu a partida, mas levou sufoco. No clássico Roma e Milan, o 0 a 0, é o símbolo de um jogo ruim, truncado no meio-campo, com poucos lampejos de criatividade. E assim se resume todo o campeonato.

Quem quiser tirar uma soneca à tarde, já sabe. Basta ter TV paga, sintonizar após o almoço do fim de semana e deixar a bola rolar no italiano.

1 comentários:

Renato disse...

Se o Milan continuar escalando Abbiatti e Abate, vai sair muito gol dos adversários e atrapalhará o cochilo vespertino.

12 de março de 2010 01:06

Postar um comentário