Share |

terça-feira, 16 de março de 2010

Carioca sem surpresas e revelações


Tatiana Furtado

Todo início de Carioca fica a aposta de quem será a surpresa do Estadual. Isso porque nos últimos anos, as equipes de menor porte sempre vêm beliscando uma semifinal, uma final, uma Taça Guanabara, ou uma Taça Rio. Mas até agora nada fora do normal aconteceu. Tirando dois empates, os pequenos não venceram um grande na competição. E parece que assim continuará.


Mas o que acontece? Os grandes estão mais fortes ou os pequenos enfraqueceram? Diria que os dois, com um peso maior para a segunda opção. Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo se reforçaram logo no início do ano, seja por causa de competições internacionais ou para não passarem o vexame do último Brasileiro. Já os outros 12 clubes continuaram na rotina de troca-troca de velhos nomes em fim de carreira ou sem espaço em mercados mais fortes. Uma pena porque assim diminui a possibilidade de boas revelações e a qualidade do Carioca.


Nos outros grandes centros, o cenário é um pouco diferente. Em São Paulo, atualmente só o Santo André está entre os quatro. Mas por lá já estiveram Botafogo-SP, Prudente, entre outros. Em Minas, o Atlético-MG aparece somente na quinta posição, atrás de Ipatinga, Democrata e Tupi. O Cruzeiro, apesar de líder, também já teve seus tropeços. No Gauchão, o Inter ficou nas semi do primeiro turno para o Novo Hamburgo.

No fim das contas, as taças estaduais deverão ficar nas mãos dos grandes nesses campeonatos. Mas nos outros centros sempre fica um ar de renovação, podendo pincelar um ou outro destaque. No Rio, está difícil apontar alguém este ano.

0 comentários:

Postar um comentário