Share |

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

RX2010: O Vasco é uma grande interrogação

No Vasco tudo é novo. O presidente Roberto Dinamite desmanchou o elenco campeão da Série B e formou outro. Errado? Não, com aquele, a equipe cruzmaltina apenas lutaria contra o rebaixamento na Série A. Dará certo? É uma grande dúvida, pois é necessário tempo para entrosar e que as peças se encaixem.

No banco de reservas, quem comandará o time é Vágner Mancini. Certamente, Dorival Junior era melhor, mas Mancini não é ruim e pode fazer um bom trabalho. No gol, Fernando Prass é absoluto. Um goleiraço. Na lateral-direita, Fágner e Élder Granja lutarão por uma vaga. Gosto mais do primeiro, mas acho que a vaga ficará com o segundo. Na esquerda, Marcio Careca é titular. O jogador sempre foi bem em clubes pequenos e decepcionou em grandes, vamos aguardar. A defesa deverá ser formada por Fernando e Gustavo, com Thiago Martinelli, Gian e Titi lutando para conquistar uma vaga num setor parelho, onde os cinco são do mesmo nível.

Acredito que o Vasco começará o ano jogando com três volantes. Acredito em Jumar, ex-Palmeiras, Souza e Leo Gago, ex-Avaí. Na armação Carlos Alberto, pelo menos até julho, quando o contrato dele termina. Olho aberto em Caíque, que veio do Guarani e é bom jogador. Na frente Dodô é a cerja do bolo, como definiu Vágner Mancini, seu companheiro deve ser Rafael Coelho, que foi artilheiro da Série B pelo Figueirense.

Como disse, o Vasco é a maior interrogação do Rio de Janeiro.

0 comentários:

Postar um comentário