Share |

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Conveniência


Pedro Henrique Rebello de Mendonça
O Palmeiras, desesperado por ganhar o título que perdeu nas últimas rodadas, vem a público ameaçar denunciar o Grêmio junto à CBF caso este não escale os titulares na partida do próximo final de semana contra o Flamengo, no Maracanã. http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Palmeiras/0,,MUL1400545-9872,00-PALMEIRAS+PRETENDE+IR+A+CBF+CONTRA+IDEIA+DO+GREMIO+DE+ESCALAR+RESERVAS.html

Na matéria veiculada pelo globoesporte.com (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Palmeiras/0,,MUL1400545-9872,00-PALMEIRAS+PRETENDE+IR+A+CBF+CONTRA+IDEIA+DO+GREMIO+DE+ESCALAR+RESERVAS.html), o vice-presidente de futebol do clube, Gilberto Cipullo afirma textualmente que “a Fifa tem uma regra que exige que as equipes usem titulares”.

Partindo desta norma desconhecida que o digníssimo dirigente do Palmeiras menciona, melhor seria anular o campeonato brasileiro deste ano, e de todos os anos anteriores, em que as equipes invariavelmente escalam times mistos a fim de priorizar outras competições.

Como ilustração simples desse fato, é importante listar os jogos do Verdão (ou seria Azulão?) e dos demais aspirantes ao título em que times mistos ou reservas foram escalados, nas cinco primeiras rodadas, segundo matérias da globoesporte.com:

1ª rodada: Palmeiras 2 x 1 Coritiba – os anfitriões iniciaram o jogo com time misto (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29962-9825,00.html)

1ª rodada: Corinthians 0 x 1 Internacional – o Corinthians atuou com nove reservas (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29964-9825,00.html)

2ª rodada: Internacional 2 x 0 Palmeiras – a equipe gaúcha contou com apenas quatro titulares (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29976-9825,00.html)

3ª rodada: Goiás 0 x 1 Internacional – o Inter atuou com maioria de reservas (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29983-9825,00.html)

4ª rodada: Internacional 2 x 1 Avaí – o Colorado iniciou a partida com apenas dois titulares (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF30000-9825,00.html)

Muitos outros jogos, envolvendo equipes das pontas de cima e de baixo da tabela, envolveram equipes reservas, mistas, jogadores poupados. Portanto, as definições do título, das vagas para Libertadores e Sulamericana, e dos rebaixados foram influenciadas por tais partidas. No entanto, o mais importante, aqui, é chegar às seguintes conclusões:

1) Se a FIFA tem uma regra que exige que as equipes usem titulares, Palmeiras e Internacional estariam fora da disputa pelo título, pois se utilizaram desse expediente no início do torneio.
2) Quando o Palmeiras enfrentou os reservas do Internacional (e perdeu!), o mesmo vice-presidente não veio a público fazer nenhuma ameaça. Muito menos, quando seu próprio clube poupou jogadores na 1ª rodada por priorizar a Libertadores. Ou seja, a ameaça de agora, além de descabida, é movida por evidente conveniência.
3) Tem-se, então, a máxima do campeonato de pontos corridos no Brasil: no início, vale poupar jogadores, ainda que isso influa na “igualdade de condições” do campeonato e viole regra da FIFA; no final, não.

Por fim, vale comentar, também, as ironias do técnico Ricardo Gomes, do São Paulo, reclamando que o jogo Corinthians x Flamengo foi transferido para Campinas, como se tivesse certeza de que, no Pacaembu, o Corinthians venceria.

Nesse caso, basta lembrar que a partida entre Santo André e São Paulo, válida pela 25ª rodada, foi disputada em Ribeirão Preto. Acredito eu, em minha santa ignorância, que lá a torcida do Santo André inexista, enquanto a do São Paulo seja muito numerosa. Obviamente, nenhum dirigente, jogador, gandula, mascote ou torcedor do São Paulo reclamou da alteração no local da partida. E, adivinhem, o técnico tricolor era o próprio Ricardo Gomes, o “gentleman”, ilustre defensor da “justiça” e da “igualdade de condições”.

E viva a conveniência!


OBS: Como flamenguista, prefiro que meu time enfrente os titulares do Grêmio, tendo em vista que os reservas terão motivação muito maior em mostrar serviço para a próxima temporada. E quanto ao jogo contra o Corinthians, acredito que o então vice-líder do campeonato pudesse vencer o décimo colocado em qualquer estádio, e que a tarefa no tapete do Pacaembu seria ainda mais fácil do que na várzea do Brinco de Ouro da Princesa.

0 comentários:

Postar um comentário