Share |

Quanto vale a marca?


Um estudo da Crowe Horwath RCS, divulgado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, aponta quais são os times com as marcas mais valiosas no Brasil. O Flamengo ficou em primeiro com 568 milhões de reais, seguido de perto de Corinthians e São Paulo.

O valor é quase ridículo, se compararmos ao clube de marca mais valiosa no mundo, o Manchester United (3.204 bilhões de reais). Vale ressaltar, que Cristiano Ronaldo, o jogador mais caro da história custou aos cofres do Real Madrid, 257 milhões de reais.

Confira a lista (valores em reais).

1. Flamengo - 568 milhões
2. Corinthians - 563 milhões
3. São Paulo - 552 milhões
4. Palmeiras - 420 milhões
5. Inter - 231 milhões
6. Grêmio - 214 milhões
7. Cruzeiro - 139 milhões
8. Santos - 135 milhões
9. Vasco - 122 milhões
10. Fluminense - 109 milhões
Leia mais

Campeão de tudo


Com a conquista do Mundial de Clubes, o Barcelona conseguiu o único título que lhe faltava. mas a equipe catalã tem muito mais do que Xavi, Ibrahimovic, Messi e Henry. A estrutura é absurda. O museu do time é muito bom e rende bons frutos, a loja dentro do Nou Camp é enorme, com todos os tipos de produtos imagináveis: de copos, figurinhas, passando por camisas, camisinhas, bonés, mochilas, resumindo tudo.

Falta no Brasil esta ideia de merchandising. De ganhar dinheiro vendendo tudo q seja possível. Flamengo e Corinthians juntos tem mais de 50 milhões de torcedores. Se resolvessem criar lojas em conjuntos por todo o Brasil, impulsionados pelos títulos de 2009 e pelos ídolos Adriano e Ronaldo, imagina o quanto iriam ganhar?
Leia mais

O flamenguista


As pessoas tem me perguntado porque eu não postei sobre o título do Flamengo. Primeiro por falta de tempo mesmo. Depois, porque nada precisa ser dito. O Fla venceu um campeonato que ninguém queria vencer e foi campeão com méritos.

Prefiro falar sobre os flamenguistas. Como são enjoados! Têm sempre razão nas discussões, não admitem que sejam cutucados e não acham, mas tem certeza, que seu time é o maior do mundo. Eles colocam faixas, criam mosaicos, tudo para se proclamar a maior torcida do universo.

Não, o Flamengo não é o maior time do mundo, lugar que sequer é postulante, mas talvez ele tenha sim o topo de um ranking: a da paixão. O flamenguista não é rubro-negro, ele é flamenguista mesmo e seu orgulho de falar que torce para o time da Gávea, nenhum outro torcedor tem. Ele não se importa em ser chamado de favela, pois sabe que sua paixão trancende qualquer ofensa.

Sua missa de domingo tem apenas um objetivo: fazer seu time ganhar. Sim, o torcedor do Fla, tem certeza que a soma entre ele e o manto sagrado faz o time ser campeão. Você duvida? Nem eu
Leia mais

Mancini no City


E Roberto Mancini é o novo técnico do Manchester City. O ex-treinador da Inter de Milão vai substituir o galês Mark Hughes, que deixa o time na sexta colocação, com 29 pontos, sendo sete vitórias, oito empates e duas derrotas.


É uma boa contratação? Não sei. Sem esforço, Mancini foi tricampeão italiano com a Inter, mas naufragou seguidamente na Liga dos Campeões. Acho que tinham opções melhores como o holandês Guus Hiddink, mas é uma aposta.


O trabalho de Hughes foi razoável, como eu acho que será o de Mancini. E o Manchester City terminará entre quarto e sexto no campeonato Inglês, como terminaria com o galês.
Leia mais

Cuidado, Fogão!!!


O Botafogo que se cuide, porque pelo vista 2010 será pior do que o ano que está terminando. A diretoria dispensou um time e meio (com muitos erros) e agora tem de contratar muitos jogadores e não consegue.

Foram contratados Renato Cajá, jogador que fez excelente campanha pela Ponte Preta, e Somália, que era do América-RN. Muito pouco para quem sonha em brilhar.

Da base que ficou no time (Jefferson, Alessandro, Wellington, Leandro Guerreiro e Lucio Flavio), só tiveram destaque mesmo o goleiro e o volante. Pelo visto, o Botafogo marcar gols ano que vem será mais difícil que em 2009.
Leia mais

Novela Andrade


Renato Stafford


Muito se comenta na imprensa sobre a renovação do contrato do técnico Andrade com o Flamengo. Fala-se em proposta de R$ 110 mil, contraproposta do técnico de R$ 250 mil, negociações para se chegar a um meio-termo.

Tomando como base os valores apontados na mídia, a primeira constatação é óbvia: há uma inflação absurda nos salários dos técnicos de futebol. Seu início ocorreu com a volta de Vanderlei Luxemburgo ao país, depois de sua passagem pelo Real Madrid, onde treinou jogadores do gabarito de Ronaldo, Zidane, Beckham, entre outros. O Santos aceitou os valores estratosféricos pedidos pelo técnico (na época, falava-se em R$ 600 mil mensais) e a partir daí houve uma avalanche: Dorival Júnior foi contratado para levar o Vasco de volta à Primeira Divisão recebendo R$ 260 mil por mês, Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro pelo São Paulo, após perder o emprego, não aceitou menos de R$ 500 mil para comandar o então líder do campeonato Palmeiras. A diretoria palmeirense acatou o pedido, e aposto que se arrependeu, tendo em vista os resultados obtidos pelo clube (não só perdeu o título como perdeu também a vaga para a Libertadores).

Nesse cenário, Andrade, um técnico inexperiente, mas atual campeão brasileiro (título este que o rubro-negro não ganhava há 17 anos) se acha no direito de pleitear um salário de R$ 250 mil mensais. Não há dúvidas quanto à competência do trabalho desenvolvido neste ano. Pegou o time em 8º lugar no campeonato, com um elenco que entrou em conflito direto com o antigo treinador, Cuca, recebeu 2 reforços pontuais (Álvaro e Maldonado), recuperou jogadores como Zé Roberto e o craque Petkovic, e montou um esquema tático eficiente para o Flamengo, inspirado no time que mais deu glórias ao clube, no início da década de 1980. Mas será que vale gastar todo esse dinheiro para contar com esse trabalho? Tenho dúvidas.

Não se pode acreditar friamente em tudo o que sai no noticiário esportivo. Especula-se que Andrade teria dito que não aceitaria menos de R$ 200 mil por mês, logo em seguida é comentado de que fecharia um acordo em R$ 150 mil. Mas se houve um perdedor nessa novela foi o Flamengo. Enquanto essa discussão sem fim entre o vice-presidente de futebol, que apostou em Andrade, efetivou-o como técnico do time, aumentando-lhe o salário em cinco vezes e depois propondo um aumento de 120%, e o técnico que não quer mais ser um eterno coadjuvante, o clube não traz reforços, não se prepara para a próxima temporada, na qual disputará o torneio mais importante do continente, e a diretoria demora até mesmo para renovar salários de jogadores do clube, como o herói do título Ronaldo Angelim e Everton, o polivalente jogador. No entanto, ressalto que a demora da renovação dos atletas é uma crítica à diretoria anterior, e não a essa que acaba de entrar.

Creio que haverá um consenso entre as partes, mas isso deve ser feito o quanto antes, para o bem da preparação do clube para a temporada de 2010. Caso o acordo não ocorra, surgem nomes como as apostas Rogério Lourenço, treinador das categorias de base do clube e também da seleção brasileira vice-campeã mundial sub-20 (e ex-zagueiro do Flamengo, campeão brasileiro em 1992), Adílio, outro ex-atleta, dos mais vitoriosos do clube e com bons trabalhos nas categorias de base, e os já rodados Joel Santana e Celso Roth. O meu favorito é Rogério.
Leia mais

Gladiador por Imperador


O Flamengo está negociando com o atacante Kleber, do Cruzeiro. A negociação é uma forma de se precaver para a saída de Adriano, que está balançado com duas propostas que recebeu. Uma da Alemanha, outra da Itália.


O entrave para a negociação é o Cruzeiro. O time mineiro só negocia por US$7,5 milhões. O Flamengo vai tentar uma troca. Jogadores como Willians e Juan podem ser envolvidos no negócio.

Se trouxer Kleber, o Flamengo vai conseguir automaticamente um ídolo da torcida, mas ele não suprirá a ausência de Adriano. Outro que negocia com o Fla é o apoiador Junior Dutra, de 21 anos, que jogou o Campeonato Brasileiro pelo Santo André. O jogador seria um bom substituto para Petkovic.

Leia mais

Doping no Brasileirão


Alguns sites veicularam que um jogador do Botafogo admitiu o consumo de cocaína durante o exame anti-doping após a partida contra o Palmeiras.

Aguademos para saber que é a anta! O clube só poderá ser punido caso comprovada a sua participação no caso.
Leia mais

Galera do Flamengo

Leia mais

Punição já


Inexplicável a selvageria dos torcedores do Coritiba. Lógico, que todos que fizeram a bela festa do Inferno Verde antes da partida tem todo o direito da trsiteza, chateação. Mas depredar o estádio daquela maneira, bater em PMs, trio de arbitragem e jogadores é inaceitável.


Defendo o rebaixamento do Coritiba à Série C e a prisão dos torcedores, que nunca mais poderiam entrar num estádio de futebol. Defendo isso, mas não acredito que vá acontecer.
Leia mais

Flamengo campeão


E o Flamengo é hexacampeão brasileiro. O time fez uma partida sofrível contra o grêmio, mas empurrado por mais de 84 mil pessoas conseguiu a virada e o título. Inter, São Pauloe Cruzeiro fizeram o dever de casa e estão na Libertadores. Já o Palmeiras deu o maior vexame do campeonato e tem de se contentar com a Copa Sul-Americana em 2010.


Na zona de rebaixamento, o Fluminense arrancou um empate com o Coritiba e rebaixou o time paranaense. O Botafogo venceu o Palmeiras e se manteve na Série A. Bom para o futebol carioca, que terá quatro representantes ano que vem e ruim para pernambucanos (nenhum representante) e paranaenses (só o Atlético-PR).


Grande campeonato, onde venceu quem deu menos bobeira. Parabéns ao Clube de Regatas do Flamengo.
Leia mais

Copa do Mundo: grupos definidos



Foram sorteados os grupos da Copa do Mundo. Talvez sejam os grupos mais equilibrados da história. Vou colocar os grupos e abaixo eu comento.

Grupo A: África do Sul, Uruguai, México e França - Um dos mais complicados. Não acredito na França e muito menos em Raymond Domenech. Passa o México, com França e Uruguai lutando pela segunda vaga.

Grupo B: Argentina, Coreia do Sul, Nigéria e Grécia - Grupo que engana. Três seleções que tem estilo de jogo ruim para a Argentina. os hermanos tem muito mais time, mas se bobearem...Ainda assim acredito em Argentina e Coreia do Sul

Grupo C: Inglaterra, Estados Unidos Argélia e Eslovênia - Grupo baba. Dá Inglaterra e Estados Unidos.

Grupo D: Alemanha, Sérvia, Austrália e Gana - Grupo complicadíssimo, Alemanha deve ficar com uma vaga, mas qualquer uma das outras três pode se classificar. Acredito na Sérvia

Grupo E: Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões - Grupo equilibrado por baixo. Holanda se classifica com Camarões.

Grupo F: Itália, Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia - Outro grupo baba. Dá Itália e Paraguai.

Grupo G: Brasil. Portugal, Costa do Marfim e Coreia do Norte - Grupo complicado. Brasil se classifica, mas acho que Portugal amarela e dá Costa do Marfim.

Grupo H: Espanha, Suiça, Honduras e Chile - Grupo tranquilo para a Espanha. Para a segunda vaga, Chile e Espanha duelam, mas acredito nos chilenos.

Leia mais

Conveniência


Pedro Henrique Rebello de Mendonça
O Palmeiras, desesperado por ganhar o título que perdeu nas últimas rodadas, vem a público ameaçar denunciar o Grêmio junto à CBF caso este não escale os titulares na partida do próximo final de semana contra o Flamengo, no Maracanã. http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Palmeiras/0,,MUL1400545-9872,00-PALMEIRAS+PRETENDE+IR+A+CBF+CONTRA+IDEIA+DO+GREMIO+DE+ESCALAR+RESERVAS.html

Na matéria veiculada pelo globoesporte.com (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Palmeiras/0,,MUL1400545-9872,00-PALMEIRAS+PRETENDE+IR+A+CBF+CONTRA+IDEIA+DO+GREMIO+DE+ESCALAR+RESERVAS.html), o vice-presidente de futebol do clube, Gilberto Cipullo afirma textualmente que “a Fifa tem uma regra que exige que as equipes usem titulares”.

Partindo desta norma desconhecida que o digníssimo dirigente do Palmeiras menciona, melhor seria anular o campeonato brasileiro deste ano, e de todos os anos anteriores, em que as equipes invariavelmente escalam times mistos a fim de priorizar outras competições.

Como ilustração simples desse fato, é importante listar os jogos do Verdão (ou seria Azulão?) e dos demais aspirantes ao título em que times mistos ou reservas foram escalados, nas cinco primeiras rodadas, segundo matérias da globoesporte.com:

1ª rodada: Palmeiras 2 x 1 Coritiba – os anfitriões iniciaram o jogo com time misto (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29962-9825,00.html)

1ª rodada: Corinthians 0 x 1 Internacional – o Corinthians atuou com nove reservas (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29964-9825,00.html)

2ª rodada: Internacional 2 x 0 Palmeiras – a equipe gaúcha contou com apenas quatro titulares (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29976-9825,00.html)

3ª rodada: Goiás 0 x 1 Internacional – o Inter atuou com maioria de reservas (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF29983-9825,00.html)

4ª rodada: Internacional 2 x 1 Avaí – o Colorado iniciou a partida com apenas dois titulares (
http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/0,,CCF30000-9825,00.html)

Muitos outros jogos, envolvendo equipes das pontas de cima e de baixo da tabela, envolveram equipes reservas, mistas, jogadores poupados. Portanto, as definições do título, das vagas para Libertadores e Sulamericana, e dos rebaixados foram influenciadas por tais partidas. No entanto, o mais importante, aqui, é chegar às seguintes conclusões:

1) Se a FIFA tem uma regra que exige que as equipes usem titulares, Palmeiras e Internacional estariam fora da disputa pelo título, pois se utilizaram desse expediente no início do torneio.
2) Quando o Palmeiras enfrentou os reservas do Internacional (e perdeu!), o mesmo vice-presidente não veio a público fazer nenhuma ameaça. Muito menos, quando seu próprio clube poupou jogadores na 1ª rodada por priorizar a Libertadores. Ou seja, a ameaça de agora, além de descabida, é movida por evidente conveniência.
3) Tem-se, então, a máxima do campeonato de pontos corridos no Brasil: no início, vale poupar jogadores, ainda que isso influa na “igualdade de condições” do campeonato e viole regra da FIFA; no final, não.

Por fim, vale comentar, também, as ironias do técnico Ricardo Gomes, do São Paulo, reclamando que o jogo Corinthians x Flamengo foi transferido para Campinas, como se tivesse certeza de que, no Pacaembu, o Corinthians venceria.

Nesse caso, basta lembrar que a partida entre Santo André e São Paulo, válida pela 25ª rodada, foi disputada em Ribeirão Preto. Acredito eu, em minha santa ignorância, que lá a torcida do Santo André inexista, enquanto a do São Paulo seja muito numerosa. Obviamente, nenhum dirigente, jogador, gandula, mascote ou torcedor do São Paulo reclamou da alteração no local da partida. E, adivinhem, o técnico tricolor era o próprio Ricardo Gomes, o “gentleman”, ilustre defensor da “justiça” e da “igualdade de condições”.

E viva a conveniência!


OBS: Como flamenguista, prefiro que meu time enfrente os titulares do Grêmio, tendo em vista que os reservas terão motivação muito maior em mostrar serviço para a próxima temporada. E quanto ao jogo contra o Corinthians, acredito que o então vice-líder do campeonato pudesse vencer o décimo colocado em qualquer estádio, e que a tarefa no tapete do Pacaembu seria ainda mais fácil do que na várzea do Brinco de Ouro da Princesa.
Leia mais