Share |

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

A saída do Sheik

E o Flamengo perdeu seu Sheik. Depois de muitas negociações, o clube da Gávea liberou o atacante por 4,3 milhões de reais e Emerson vai defender o Al-Ain, dos Emirados Árabes.

A proposta para o jogador foi irrecusável mesmo. O atacante vai receber 17 milhões de reais por 19 meses de contrato (quase 900 mil por mês) e ainda vai disputar o Mundial de Clubes.Impossível culpá-lo.

Para o Flamengo a saída de Emerson significa um reposicionamento do clube no Campeonato Brasileiro. O clube não vai mais se preocupar com Libertadores e Sul-Americana e tem que começar a pontuar para fugir da zona de rebaixamento. O Imperador não pode fazer tudo sozinho e o time do Fla é carente de armadores (Pet é uma opção, não uma solução) e o fraco Denis Marques não tem condições de fazer o trabalho que Emerson fazia. A outra opção é Maxi, o que não é uma opção, assim como Aléilson.

Rodrigo Stafford

Foto: Eduardo Peixoto /GE.com

2 comentários:

Anônimo disse...

É amigo... sugestao de proxima enquete... So vai ter o Vasco na primeira divisao do ano q vem?
Henrike

28 de agosto de 2009 18:26
Pedro C. de Moraes Rego disse...

Não sei se vamos brigar para fugir do rebaixamento... o futebol brasileiro é nivelado por baixo e cheio de cavalo paraguaio, o time do goias é tão bom assim?! e o avaí e o barueri, vão suportar o ritmo até o final?! E o que dizer do atlético mineiro, elenco fraco... enfim, voltando a falar do Fla, ainda temos algumas peças importantes do lado de fora, que são muito melhores do que os que estão jogando...
Só a volta do Pet, mesmo com seus quase 37 anos, faz uma diferença absurda... como sempre... aquele sentimento rubro-negro... Eu Acredito na libertadores... título impossível, mas libertadores acho que dá...

Abraços,

Pedro C. Moraes Rego

31 de agosto de 2009 11:11

Postar um comentário