Share |

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Brasileiros falam sobre o inglês


Alguns brasileiros que são destaques nos seus times no Campeonato Inglês deram suas opiniões sobre o torneio. Nada que fuja muito do que foi dito aqui, mas é sempre bom ouvir.

"O time, mesmo sem reforço, mais perigoso é o Chelsea, que não mexeu muito mas manteve a base e está jogando junto a tempo. Quem perdeu mais foi o Manchester. A arsenal foi o que mais enfraqueceu. Era considerado candidato ao título, mas acho que pode decepcionar, o que equilibra pra gente que pode lutar por uma vaga na liga. O City também pode crescer e fazer um grande campeonato pelas contratações. Mas Chelsea e Liverpool brigam pela ponta e o Manchester também" analisou o goleiro Gomes, do Tottenham Hotspurs.

"O Manchester continua sendo um time forte, o próprio Liverpool. Não podemos esquecer o Arsenal e até o Manchester City, pelos jogadores que contratou, pode ser considerado um candidato. O Chelsea não é o único. O time está forte, manteve a base, mas o Campeonato Inglês é muito difícil", disse o meia Deco, camisa 20 do Chelsea.

"Acho que tem também o Aston Villa, que é uma equipe muito boa, e o Everton, time em que o Jô está jogando agora. São equipes que podem surpreender a qualquer momento. No caso do Manchester United, de fato saíram grandes jogadores. Querendo ou não, eles vão fazer falta", afirmou o meia Denilson, que defende o Arsenal e começou no São Paulo.

"O Manchester City contratou bem, principalmente do meio-campo para frente. Tevez, Adebayor, Santa Cruz são grandes jogadores. Reforçou a equipe em posições carentes e com jogadores que estão acostumados com a Premier League. O Manchester United perdeu Cristiano Ronaldo, mas ainda tem muita força. Tem ainda Chelsea, Arsenal e outros clubes médios, mas que fizeram investimentos altos, como Tottenham, Aston Villa e Everton. Vai ser pedreira", concluiu o promissor meia Lucas, que sonha com a Copa do Mundo do ano que vem.

0 comentários:

Postar um comentário