Share |

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Corinthians x Inter - parte 1


Primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Uma boa partida, mas o Inter esteve em desvantagem desde o início por dois motivos com nome próprio. Nilmar e D'Alessandro. A equipe de Tite sentiu muita falta dos dois jogadores e o Corinthians foi melhor, conseguindo um resultado talvez mais elástico do que foi o jogo.


A equipe do Parque São Jorge tem normalmente três jogadores que desequilibram: Andre Santos, Ronaldo e Elias. Na ausência do primeiro, outros dois jogadores foram fundamentais para o sucesso corinthiano, o goleiro Felipe e Jorge Henrique. Ronaldo, mesmo muito acima do peso, conseguiu reverter a balança com a técnica absurda que tem e fez um belo gol.


Felipe fez pelo menos quatro defesas extraordinárias, com destaque para a defesa do chute de Taison, cara a cara. Jorge Henrique é o jogador dos sonhos de qualquer técnico. Joga em diversas posições e tem uma polivalência que confunde o adversário, ora no meio campo, ora de ala ou atacante.


O Inter não tem porque reclamar do juiz. A arbitragem foi boa e erros e ocorreram foram corriqueiros de uma partida de futebol. Vale ressaltar que a decisão está aberta e o Inter tem todas as condiçoes de reverter o resultado.


Mas depois desta partida, acho que dá Corinthians.

0 comentários:

Postar um comentário